31 de maio de 2007

Nota do encerramento da Conferência dos bispos

Os bispos da América Latina e Caribe divulgam Nota de encerramento da V Conferência Geral realizada no Santuário em Aparecida do Norte e reafirmam compromisso com os pobres. Pelo que observei do documento, não senti a firmeza dos documentos das conferências de Medellin e Puebla. Enquanto os homens, o conhecimento, a pobreza e as diferenças sociais entre ricos e pobres avançam a largos passos, a Igreja parece-me amedrontada e retraída, o que pode ser ruim para os cidadãos da América Latina e Caribe, na maioria católicos. Nota completa AQUI.

Em apoio aos 28 servidores demitidos



Este blog apóia e pede apoio aos 28 servidores demitidos. Campanhas estão sendo realizadas em favor a eles. Entre nessa. Visite o blog do Sismmar: http://sismmar.blogspot.com, ou ligue no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá/PR: (44) 3269-1782 ou, faça doação pela conta Banco: Caixa Econômica Federal - Agência: 1546 op.: 003 conta: 564-5. Doações em alimentos podem ser entregues na sede do Sismmar: Rua Néo Alves Martins, 1.334 – Vila Operária. PARTICIPE.

Encontro dos blogueiros de Maringá


Neste sábado, dia 02 de junho, às 14h30min., haverá um novo encontro de blogueiros de Maringá. Será na casa da professora e blogueira Marta Bellini, Rua Nelson de Souza Figueiredo, 284 - Bairro Cidade Jardim, ao lado da Vila Esperança.

Ingrediente do Encontro: música ao vivo do advogado e blogueiro Roberto Balestra.

É interessante que cada participante leve alguma coisa de comer e beber para que seja socializado entre todos. Informações completas no blog do Andye: http://tosco-rama.blogspot.com/ ou: 9102-2912, com Andye ou, pelo e-mail: martabellini@uol.com.br

Repúdio a Sílvio Barros

Em sua página, o Partido dos Trabalhadores (PT) de Maringá, divulgou nota de repúdio à administração de Sílvio Barros. Afirma entre outras estar "sob investigação do Ministério Público pelos atos de improbidade administrativa, pelo uso indevido de equipamentos públicos, contratação indevida de servidores em cargo de confiança e gasta indevidamente o dinheiro público em propaganda pessoal, em horário nobre, na televisão e a população passa por privação de serviços essenciais com a falta de vagas para crianças nas escolas e com o maior surto de dengue da história da Saúde Pública de Maringá, causando infelizmente a morte de cidadãos maringaenses, o Prefeito preferiu demitir 28 servidores como represália à última greve do funcionalismo municipal, entre os quais: professor, gari, enfermeiro, educador de base, auxiliar de serviços gerais, pedreiro, soldador e atendente de Centro Infantil". Leia a nota completa AQUI.

PT organiza o "CINE PT"

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Maringá organiza o "CINE PT" em sua nova sede. O primeiro filme será exibido "neste sábado, dia 02/06/2007, com início às 16 horas, na Sede do Partido dos Trabalhadores (Rua Caramuru, 490 - em frente ao Colégio Gerardo Braga), seguido de debate, com previsão de encerramento para às 19 horas". O evento faz parte da programação elaborada pela Secretaria de Formação, coordenada pela ex-secretária de Educação do Município de Maringá, Albany Pereira. O filme do dia 02/06/07 é: COMO ENLOUQUECER SEU CHEFE, comédia de 89 min.

30 de maio de 2007

Fila de espera: de 2 para 17 mil na saúde

Como podemos ser felizes quando sabemos que no governo anterior a fila de espera para consultas médicas no município era de 2 mil pessoas e, atualmente chega a 17 mil? É de se questionar a forma de se administrar a saúde pública em Maringá. Entendo estas 15 mil pessoas de aumento como descaso à saúde dos maringaenses. Quanto pior melhor para justificar ações de terceirização ou privatização da saúde. Fiquemos de olho...

Amanhã estará mais quente - é a previsão

A previsão da metereologia é que, em Maringá, amanhã esteja aproximadamente 6ºC mais quente que hoje. Se hoje a mínima foi de 3ºC., o dia de amanhã poderá ter uma mínima de 8 a 9ºC., chegando a 20 ou 22ºC no final da tarde.

16h15min - A terra agora

Esta é a imagem da terra às 16h15min. Em uma hora e meia a sombra chegará ao Brasil e imagem poderá ser semelhante (não igual) à publicada ontem no final da tarde.

14h40min - A terra em relação ao sol neste momento

Deste ângulo, metade do globo está encoberto pela sombra da terra em relação ao sol.

Servidores demitidos recebidos com choro

Os 28 servidores municipais demitidos voltam aos locais de trabalho. Agora retornam para convocar a categoria para assembléia neste dia 1º de junho, às 19 horas, na Câmara Municipal de Maringá, tendo por pauta: demissões, reajuste e PCCS.
Revela Paulo Vidigal que em alguns locais são recebidos com choro - de ambos os lados. "Isso aconteceu em três escolas". Relata que seu Domingos "também se emocionava. Dentro do carro, no trajeto de uma escola para outra, ele relembrava: 'Nessa escola fui eu que fiz esse encanamento... aqui eu fiz ess escada...'. Mesmo assim, uma diretora de uma creche quis 'dificultar' a entrada da comitiva que entregava a convocação para assembléia. Mas, rapidamente seu Domingos foi reconhecido pelos servidores e conseguiu entrar na escola".

11h03min - o globo terrestre e o anoitecer gradual

Enquanto aqui no Brasil temos sol, no lado oposto do globo é noite e, ao lado esquerdo já observamos o início da noite. Até o fim da tarde, periodicamente acompanharei o anoitecer pelo satélite, em cada parte do globo terrestre, sempre deste ângulo. Observe que ao lado esquerdo está a América Latina (Brasil), sendo possível constatar que a região do nordeste brasileiro está totalmente desmatada, sendo possível ver a terra crua e nua.

07h35min - América do Norte, Central e do Sul

Parte da América do Sul e Norte já tem sol, enquanto outra parte está amanhecendo. Praticamente toda América Central ainda encontra-se sem claridade, nesta manhã gelada de quarta-feira, em Maringá.

07h32min - Imagem da terra em tempo real

À esquerda vemos a América do Sul e à direita, a Europa, Africa... Percebe-se que o Chile está amanhecendo.

29 de maio de 2007

Servidoras da saúde fazem greve de fome

Três funcionárias da saúde pública do Paraná iniciaram hoje (29 de maio de 2007) greve de fome de 48 horas. O protesto está sendo realizado na Assembléia Legislativa, em Curitiba, para denunciar os descontos salariais praticados contra cerca de 500 servidores. "Precisamos que o governo tenha sensibilidade para rever sua postura intransigente e negocie de verdade", afirma a servidora Lismari Buffa de Barros, uma das grevistas. Matéria completa aqui ou aqui.

21h07min. - O globo terrestre sem claridade


19h40min - O globo terrestre quase sem claridade


Abaixo está a terra às 17h50min. Em breve veremos a claridade "do outro lado do mundo"

Foto da terra em tempo real - 17h50min.

Eis a terra às 17h50min. É incrível. O Brasil está começando anoitecer, sobretudo a região sul e todo litoral oceânico. Mais tarde publicarei nova foto da terra.

Caruana sugere leituras da Agência Brasil

Padre João Caruana está divulgando - por e-mail - a página Agência Brasil e diz que por sendo de uma agencia do governo é surpreendemente objetiva, informativa, fala o que o governo pensa, o que a oposição pensa e o que os grupos sociais pensam. Afirma Caruana nunca ter visto informes tão acessíveis à população vindo de uma agencia do governo. "Eu que tenho muita simpatia para os grupos sociais, acho que nem eles são tão objetivos" nos informes quanto as matérias da Agência Brasil. Parabeniza os organizadores e sugere que todos deveriam acessar a página: www.agenciabrasil.gov.br

Magistrado defende pena de morte e redução da maioridade

JORNAL ZERO HORA - 23 de maio de 2007. Edição nº 15249
O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, Marco Antônio Barbosa Leal, em palestra aos Advogados, deixou de lado a condição de presidente do Tribunal de Justiça do Estado para defender/propor a implantação da pena de morte e a redução da maioridade penal de 18 anos para 14 anos.
O magistrado, durante mais de uma hora, apoiou a adoção de uma política de segurança semelhante à Tolerância Zero, empregada em Nova York, e a aplicação de penas mais rígidas. A pena de morte e a prisão perpétua são algumas das medidas defendidas pelo magistrado, que afirmou: - Sou favorável à eliminação física do indivíduo...
Posição deste blog: Ao defender a "eliminação física", o juiz não pensou mas pode estar agindo como um potencial assassino ao defender ou autorizar que alguém seja executado (eliminação física). A pena de morte é também uma forma de assassinato.
Não é diminuindo a maioridade penal que resolveremos os problemas sociais no Brasil. Penso sim, que é necessário políticas públicas de emprego, educação, saúde e desenvolvimento econômico-social por parte dos administradores públicos. Neste sentido, os magistrados são coniventes com a corrupção e com a situação caótica no sistema político, social e econômico: educação, saúde, emprego, falta de moradia, entre outros, ao não arbitram contra as mazelas dos gestores públicos.

Pagamunici no Direto ao Assunto


Ana Pagamunici - presidente do Sismmar - foi entrevistada ontem a noite por Guilherme Venturini, no programa "Direto ao Assunto", Na RTV canal 10 e saiu-se muito bem nas respostas ao apresentador e às perguntas dos ouvintes. Entre outras falas, destacarei análises em relação aos integrantes da comissão processante quando informou-nos que os participantes recebem por fazerem parte da comissão e, assim, como ser contra a vontade do prefeito? Disse Pagamunici que "quem paga a banda escolhe a música", ou seja, quem paga os participantes da comissão, define ou induz o resultado final da investigação.
Quando perguntada se as demissões amedrontariam os trabalhadores em participarem de futuras greves, Pagamunici respondeu comparando com a ditadura militar. O objetivo da ditadura era impedir a organização e a greve e, no entanto, os trabalhadores não se intimidaram. "Os trabalhadores derrubaram a ditadura", o que significa que as atitudes do prefeito de Maringá não deve amendrontar a categoria e que os trabalhadores podem derrubar o prefeito que, pela comparação, agiu como ditador. Além disso, disse que o prefeito tem dificuldade de dialogar com a comunidade.

28 de maio de 2007

Sugestão de Comissão Tríplice

Encaminhei hoje - e não sei se receberão e responderão -, sugestão à ministra Ellen Gracir Northfleet, presidente do Supremo Tribunal Federal e ao ministro Raphael de Barros Monteiro Filho, presidente do Superior Tribunal de Justiça, sugerindo que um ministro não interfira no trabalho do outro como divulgado pela imprensa no caso da Operação Navalha.
No e-mail, disse que, "não diferente dos demais brasileiros, sinto-me indignado pela avalanche de denúncias de corrupções que corrói os poderes: executivo, legislativo e judiciário no Brasil.
No caso da Operação Navalha, o pouco que sabemos tem sido transmitido pela mídia e dá-nos a impressão que nem mesmo os magistrados estão se entendendo e dialogando internamente.
Temos a sensação que a ministra relatora da Operação Navalha, Eliana Calmon Alves, do STJ, foi prejudicada em seus trabalhos quando outro magistrado concedeu hábeas corpus em favor de investigados presos, parecendo-nos intervenção nos trabalhos da magistrada, intervindo no processo em andamento.
Para evitar situações como esta que tomamos conhecimento pela mídia e que deve acontecer diariamente, sugiro que o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça avaliem a possibilidade de que um juiz – local, estadual ou federal – não conceda hábeas corpus quando um determinado caso já esteja sob a responsabilidade de algum magistrado. Qualquer concessão - habeas corpus - somente deverá ser realizada pelo relator do caso ou por uma comissão tríplice de magistrados, evitando a interferência de um sobre o trabalho do outro.
Penso que decisão neste sentido diminuirá nossa desconfiança para com o Poder Judiciário que foi extremamente negativa nestes últimos dias."

MNDH-Paraná envia carta ao STF

O Movimento Nacional de Direitos Humanos do Paraná (MNDH-Paraná) enviou carta ao Supremo Tribunal Federal (STF) solicitando que homologuem terras indígenas na reunião que realizarão no próximo dia 06 de junho do corrente ano. Para o MNDH-PR, um julgamento contrário às homologações das demarcações de terras indígenas poderá acarretar graves conseqüências para outros procedimentos administrativos destinados à demarcação e à homologação de terras indígenas, prujidicando os índios de todo Brasil.

26 de maio de 2007

Demissões – nem a natureza engoliu


As primeiras imagens do satélite que publiquei de manhã (confira mais abaixo) não indicavam que o tempo mudasse no Paraná. De repente, nuvens vindas do Paraguai e Mato Grosso do Sul chegaram rapidamente no Paraná e continuaram em direção ao mar. As boas línguas de quem tomavam cerveja diziam que a mudança foi uma revolta do tempo devido às demissões dos 28 servidores públicos pelo prefeito Sílvio Barros. Nem a natureza engoliu, diziam...

Ricardo Barros

Messias Mendes faz uma discussão sobre uma entrevista de Ricardo Barros, realizada em Porto Alegre/RS, nesta manhã, após ter sido indicado por Lula a vice-líder do governo. Relembra fatos sobre a liberação de verbas para o Novo Centro de Maringá e de reclamações de José Cláudio de que o deputado federal estava dificultando a liberação para sua execução e de que, se o então prefeito João Ivo não tivesse ido a Brasília/DF, a verba não teria sido liberada para Maringá, tendo ido para outras regiões e projetos. Também discute que o rebaixamento da ferrovia e a construção de viadutos estão atrasadas. Veja a discussão aqui.

Sugestões em andamento

Encaminharei nos próximos dias ao Tribunal Superior Justiça e Supremo Tribunal, sugestões de que um(a) magistrado(a) - individualmente - não interfira no trabalho do outro magistrado. Quando - a exemplo da Operação Navalha - for necessário julgar habbeas corpus, que seja feito pelo magistrado do caso em andamento e, somente seja por terceiro, desde que sobre uma comissão tríplice de magistrados, evitando que desconfiemos de corrupção e de interferência no trabalho do outro magistrado.

Corrupção


É triste acompanhar diariamente os noticiários de corrupções envolvendo os poderes executivos, legislativos e judiciários. Algumas medidas deveriam ser tomadas para iniciarmos o fim da corrupção:

1º - proibir que os parlamentares, o Poder Legislativo (deputados, senadores e vereadores) interfiram nos valores do Orçamento Público apresentando emendas e obras, vez que é função do Poder Executivo;

2º - Acabar com as proteções a deputados, senadores, vereadores, promotores e juízes. Errou, deve ser processado e pagar preso pelo erro. Prisão aos colarinhos brancos que cometem erros;

3º - Proibir radicalmente o protecionismo e o corporativismo como temos constatado nos poderes judiciários e legislativos...

Temperatura em alta


De acordo com o satélite (Somar), o sol prevalecerá neste sábado (máxima de 20ºC) e domingo (máxima de 22ºC) em quase todo o Brasil. Mas é bom nos preparar fisicamente e psicologicamente visto estarmos nos aproximando do inverno. As previsões são de que 2007 o frio seja mais intenso que 2005 e 2006. Haja coração. Como nordestino legítimo, preferia o calor.

25 de maio de 2007

Denúncia pode ter levado a demissões

Observa o advogado Avanilson Araujo, que as demissões foram assinadas um dia depois do Ministério Público do Paraná ajuizar denúncia contra o prefeito municipal, por contratação irregular de Cargos Comissionados, após denúncia feita pelo SISMMAR.

Insubordinação

Dos 28 servidores exonerados, 6 são diretores sindicais. De acordo com o advogado do Sindicato, Avanilson Araujo, o prefeito não considerou os apelos de parlamentares, vereadores, entidades sindicais e personalidades internacionais. Diz ele que é primeira vez, na história de Maringá, que servidores são demitidos por fazerem greve, acusados de “insubordinação grave em serviço”, num claro desrespeito ao direito constitucional dos trabalhadores lutarem por seus direitos, afirma.

Demissão anunciada

Ainda durante a greve dos servidores, em 2006, o prefeito já dava indicativos pela imprensa de que demitiria os servidores grevistas. Penso que esta luta será vencida pelos servidores na justiça. Parece-me que a demissão foi política e não administrativa. Ainda mais que pré-anunciada. O Sindicato deve ter gravações das entrevistas do prefeito na mídia antecipando as demissões. Tendo e recorrendo, podem defender a tese de que: comissão de sindicância, provas e resultados finais podem ter sido construídas contra os servidores.

Demissão foi vingança?

Será que a demissão dos servidores públicos de Maringá, no dia de hoje, não pode ter sido vingança do prefeito Sílvio Barros II à decisão do Tribunal de Justiça do Paraná, na segunda feita, 21 de maio, de que o prefeito repasse os 8% da Capsema?

Demitidos discutirão o que fazer

Os servidores demitidos se reunirão no SISMMAR nesse sábado às 14 horas, afim de construir um cronograma de atividades que visa a reintegração de todos. Ainda durante o fim de semana, serão contactadas todas entidades e instituições que se manifestaram contra as demissões.

28 servidores demitidos

SISMMAR- Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá, divulga nota comunicando a demissão dos servidores.
SILVIO BARROS DECRETA DEMISSÃO DE 28 SERVIDORES: MAIS UM GOLPE CONTRA A DEMOCRACIA!
O prefeito Silvio Barros II deu mais uma demonstração de autoritarismo, perseguição e retaliação política, tão freqüentes nessa administração, quando assinou nessa sexta-feira, 25, o decreto de demissão dos 28 servidores que participaram da greve.
Não é coincidência o fato da assinatura do decreto ter ocorrido numa semana tão desgastante para a Administração. Nessa semana um secretário que teve o nome envolvido em irregularidades pediu demissão. Na terça feira, 22, os jornais estampavam uma denúncia da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público sobre irregularidades na contratação de cargos de confiança pelo atual prefeito. Por último, uma decisão judicial determinou que o prefeito volte a fazer o repasse de 8% à CAPSEMA.
Nos dois casos que envolvem a justiça, as denúncias de irregularidades nas ações do prefeito, foram feitas pelo SISMMAR. Vale lembrar ainda que no ano passado foi esse sindicato que organizou junto a outras entidades manifestações contra a privatização do Hospital Municipal e a coleta de lixo da cidade.
Por denunciar irregularidades cometidas por essa Administração que são prejudiciais a toda a população, por defender a manutenção dos serviços públicos e os direitos dos servidores municipais, é que o SISMMAR tem sido tão atacado pelo atual prefeito. Lamentamos que o prefeito tenha desprezado toda comoção social materializada no apelo feito por diversas entidades e autoridades municipais, estaduais, nacionais e até internacionais, demitindo 28 pais e mães de família.
É importante que toda a sociedade saiba que apesar de mais um ataque do prefeito contra os servidores e o sindicato, não vamos nos calar. Não seremos cúmplices dos desmandos e das irregularidades do atual prefeito. Buscaremos ações jurídicas e nos mobilizaremos para reverter as demissões autoritárias e injustas firmadas pelo prefeito Silvio Barros II.
Para tanto, os servidores demitidos se reunirão no SISMMAR nesse sábado às 14 horas, afim de construir um cronograma de atividades que visa a reintegração de todos. Ainda durante o fim de semana, serão contactadas todas entidades e instituições que se manifestaram contra as demissões.

Femucic-2007 - malícias e risos

Acompanhei o segundo dia do Femucic-2007 e, do meu ponto de interpretação, aproximadamente três apresentações foram boas: uma do nordeste, uma de Cianorte (música de viola) e uma cantora de São Paulo.
À parte das apresentações, dois momentos mereceram aplausos e sorrisos da platéia: uma foi a apresentação final (em prosas, versos e piadas) de um apresentador nordestino; a segunda foi, durante os comentários da apresentadora, após a apresentação do cantor de Paranavaí, interpretando "Saudades".
Após a apresentação de "Saudades", a apresentadora do festival - da TV Cultura -, ao entrevistar o cantor, perguntou se seu figurino era homenagem à Escola de Samba Mangueira. Disse ele que sim mas que era costume também homenagear outras escolas de samba. A apresentadora disse mais ou menos assim: "grande mangueira. Eu também torço por ela". A platéia - maliciosamente com a expressão da apresentadora sobre a MANGUEIRA - caiu na risada. A malícia foi imediata. A que mangueira se referia a apresentadora?

24 de maio de 2007

Vitória dos servidores municipais e da Capsema

Tribunal de Justiça do Paraná, no dia 21 de maio (segunda-feira), por meio da Desembargadora Rosene Arão de Cristo Pereira, (Relatora), manda que o prefeito de Maringá, Sílvio Barros, repasse os 8% da Capsema. Eis parte do despacho:
"Desde os idos de 2001, a agravante vem recebendo os repasses de verbas discutidos nestes autos, que eram patrocinados com base na Lei Complementar nº 386/20015, lei esta que teve iniciativa do Executivo, ou seja, da agravada, que a sancionou e publicou.
De lá para cá, todos os repasses foram patrocinados normalmente, exceto recentemente, quando o Atual Chefe do Executivo, o senhor Sílvio Magalhães Barros II, deixou efetivar os repasses, sob a alegação de ser a norma inconstitucional. Citou, para fundar sua postura, posicionamentos do Ministro LUIS GALLOTTI, do Desembargador ANDRADE JUNQUEIRA, e do doutrinador constitucionalista IVAN ANTÔNIO BARBOSA. Sem negar essa possibilidade, é imperioso analisar o caso concreto.
O Poder Executivo Municipal está negando vigência a uma lei cujo projeto foi de sua autoria, por ele sancionada e publicada. E mais: que gozou de eficácia plena desde 2001!
A possibilidade de se deixar de aplicar uma lei por entendê-la inconstitucional, não pode ser veículo de manobras e pressões políticas, de modo que segurança jurídica merece prestígio.
O Poder Executivo deixar de regulamentar e aplicar uma lei cuja edição coube integralmente ao Poder Legislativo (mormente em sua iniciativa), em razão de não considerá-la adequada com a Constituição Federal ou Estadual, é uma coisa. E uma coisa corretíssima, diante do Estado Democrático de Direito. O respeito à Constituição Federal deve prevalecer.
Agora, aceitar que este mesmo Poder Executivo, depois de idealizar o projeto de lei, mandá-lo para a Câmara de Vereadores, vê-lo aprovado, sancioná-lo e publicá-lo, assim como cumprir a lei dele originada por mais de 5 (cinco) anos (!), possa, de um dia para o outro, deixar de obedecê-la por entendê-la inconstitucional depõe contra os dogmas constitucionais, mormente o princípio norteador de todo nosso ordenamento, o da segurança dos negócios jurídicos" [...].
A Desembargadora ainda levanta uma questão: "a postura do agravado, Chefe do Executivo Municipal, foi respeitadora da segurança jurídica daqueles que se valem dos serviços prestados pela agravante? Evidente que não!" - responde a própria juíza. Eis o despacho na íntegra na Coluna do blog do Rigon e análise explicativa do recurso e da vitória no blog do SISMMAR.

Prova dos nove

Desconfiado da temperatura prevista para a tarde desta quinta-feira em Maringá, coloquei meu termômetro para trabalhar e apresentar a temperatura no Parque Residencial Tuiuti. Resultado:
  • 15 horas: sombra, com vento = 18ºC;
  • 15h10min: sol, com vento = 28ºC

De acordo com as previsões, Maringá não passaria dos 15ºC. será que meu aparelho está maluco?

As crianças em 1595

O italiano Tommaso Garzoni, em 1595, relatou o que, em pleno 2007, as crianças urbanizadas já não praticam:
  • Saibam as crianças que estes são seus vícios e defeitos: vozeirar nas escolas; quebrar o silêncio na ausência do mestre; dar socos em quem observa o regulamento; fazer caretas durante o coro; espiar na sala de estudo; comer castanhas às escondidas; brincar de pique-esconde;
  • brincar de trina-e-um; fazer barquinhos de papel; caçar moscas e prendê-las em cartuchos de papel; caçar grilos para fazê-los cantar durante a aula; trazer petecas para fazê-las voar;
  • guardar chapinhas de chumbo na sacola para brincar; ficar pintando flores; fazendo pálios para correr; rasgando o Cato (livro, caderno) para não estudá-lo; mordendo aquele que o leva a cavalo;
  • pedir toda hora para ir ao mitório (banheiro); colar uma folha de figo na cadeira do mestre; esconder-lhe a vara magistral; sair da escola como capetinhas soltos; empurrar-se um ao outro como moleques;
  • correr pelos muros fazendo mil loucuras; dar comida aos sapos em vez de estudar; atormentar as cobras no lugar de ler; arrancar as frutas e as flores dos outros quando se vai às indulgências; quebrar a cabeça uns dos outros por mil coisas à toa; perder tempo brincando de pinhão; de cabra-cega, de 'pandolo' ou de 'barónzola'.
Confira em: "História da Educação". Mario Alighiero Manacorda, p. 210-211.

As formigas

Interessante discussão surgiu esta manhã devido à queda da temperatura e o desaparecimento das formigas de dentro de casa, levando a um diálogo:
  • Cido: "O frio foi bom porque as formigas morreram";
  • Saile: As formigas não morreram e não morrem por causa do frio. Elas estão bem mais protegidas nos seus esconderijos que nós. Devem estar zombando dos humanos mais ou menos assim: "enquanto nós aqui na oca, protegidas e uma esquentando a outra, lá fora os humanos e demais animais e insetos, estão se lascando de frio";
  • Cido: É, mais os mosquitos e larvas da dengue devem ter morrido;
  • Saile: Podem ter e morrem porque, diferente das formigas, ficam expostas sobre as águas acumuladas ao tempo nos recipientes deixados pela conivência dos humanos. O melhor é que a temperatura caísse um pouco mais e por mais dias para diminuir ou acabar com a proliferação e os casos de dengue.
  • Cido: Vamos ver. Daqui uns dias os rádios noticiam o resultado...

Temperatura para sexta-feira


Observando a imagem do Satélite (Somar Meteorologia) de hoje de no mínimo 5ºC, não devendo passar dos 15ºC em Maringá, amanhã (sexta-feira) as previsões (Simepar e Clima Tempo) é de que teremos uma temperatura mínima de 5ºC, e máxima de 22ºC. O importante é que começará a esquentar. Aguenta coração.

23 de maio de 2007

Dia nacional de luta

Hoje, às 17 horas, mobilização no Terminal Urbano, acompanhando manifestações em todo o Brasil do DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS TRABALHISTAS. O motivo da mobilização é devido a tramitação no Congresso Nacional de um conjunto de leis que podem acabar com as seguintes conquistas dos trabalhadores:
* Aposentadoria especial para mulheres;
* Aposentadoria por tempo de serviço;
* Seguro desemprego;
* Auxílio doença;
* Horas extras;
* FGTS;
* Proteção contra trabalho escravo;
* Adicionais noturno;
* Vale-transporte;
* 13º Salário;
* Pensões;
* Férias e outros direitos.
Participação da organização da mobilização em Maringá:
SISMMAR - BANCÁRIOS - CONLUTAS - CONLUTE - CENAB - CAS - PSTU - Entidades Cutistas- Movimento por Moradia Popular - Movimento CaminhandoCentros Acadêmicos de Ciências Sociais, Ed. Física, Matemática, Administração, Economia, Eng. Alimentos e Produção, Farmácia e Geografia

SISMMAR - Nota à Imprensa

(SISMMAR-Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá)
O jornal “Diário” de hoje 23/05 publica uma matéria com o seguinte título: ”Promotoria pede condenação de prefeito por improbidade”. Em resumo a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público ingressou com ação civil pedindo a condenação do prefeito Silvio Barros II por improbidade administrativa.
Tudo começou no início de 2006 quando o Sismmar denunciou junto a Promotoria que pessoas contratadas como cargos comissionados, estavam lotados no gabinete do prefeito, mas nunca trabalharam lá. O sindicato denunciou CC’s, que atuavam como auxiliares administrativos e até auxiliar de enfermagem, em vários postos de saúde. Funções que devem ser exercidas por quem é aprovado em concurso público.
Mais uma vez o SISMMAR recorre à justiça em defesa dos servidores e do serviço público. É por denunciar essas e outras irregularidades, que essa entidade tem sido vítima de visível perseguição política por parte do prefeito Silvio Barros II. Alguns exemplos que comprovam as perseguições: redução de liberados para o sindicato de 4 para 1 liberado, pedido de prisão da presidente e outros sindicalistas, uso da força policial ao invés do diálogo e recentemente a ameaça de demissão de 28 servidores por terem participado da greve.
Essa é a verdadeira face dessa administração. Por um lado quer demitir 28 servidores concursados legalmente e compromissados com a população. Por outro, mantém empregados seus cabos eleitorais como CC’s de forma ilegal. Mais uma vez, a população paga a conta.

22 de maio de 2007

Navalha

A Operação Navalha da Polícia Federal (PF) indica que muitos deputados federais, estaduais, governadores e prefeitos, além dos "ex" e de ministros, poderão dançar. O que sobrará? Aparentemente pouco sobraria. Como trata-se de uma operação no Brasil, até juízes poderão aparecer nas denúncias no decorrer das descobertas. o Difícil é prever que a justiça pouco faz propiciando que a corrupção continue em todas as esferas dos poderes, o que será lamentável.

21 de maio de 2007

Quem disse que homem não chora?

Que interesse ver Romário chorar após o milésimo gol. Será que se arrependeu? Caiu na real que agora terá que parar de jogar? Constatou que não alcançará Pelé? Queria ter feito no Maracanã? Ficou preocupado em surgir um novo goleador que os alcancem? Chorou quando percebeu que o milésimo gol de Pelé havia sido carimbado há 34 anos atrás?

Blogs desatualizados

Dias deste exclui de meus links os blogs que não atualizaram notícias e devo voltar a fazer o mesmo nos próximos dias com os blogs que não atualizaram informações nos útimos 60 dias. Da mesma forma, linkarei os que ainda não constam em meu blog, desde que estejam atualizados. Caso o seu blog não esteja linkado, intercambiemos os links.

Habitação do PT ou PP?

Realizei comentários acompanhado de uma foto de casas populares que estão construídas próximas à Centro de Educação Infantil (CEI) Maria Doná Ferraz, ao lado do Parque Residencial Tuiuti, no dia 02/05/2007 e, há pouco, em rede nacional de televisão vi programa gratuíto do Partido Progressista (PP) mostrando os modelos de casas construídas em todo Brasil pelo governo federal (Lula/PT), por meio do Ministério das Cidades, apresentadas pelo seu ministro do Partido Progressista (PP) - partido do Ricardo Barros e até há pouco do Sílvio -, entendendo enfim o porque as casas incorporam o modelo do Ministério. As construções na frente ao CEI não devem ser com verba somente do município de Maringá. O Ministério da Cidade deve estar envolvido e é para isto que foi criado, penso.

Maria do Ingá

Achei interessante o blog Maria do Ingá. Procura discutir as notícias já publicadas pela mídia escritia, falada e televisionada, o que não a impede de também criar e divulgar. Parabéns.

20 de maio de 2007

Licença paternidade

Em uma sexta-feira estressante, como outra qualquer, o funcionário diz para o chefe:
— Doutor! Doutor! Eu vou ter um filho! Preciso sair mais cedo!
— Ah, meus parabéns! — disse ele, abraçando o futuro papai — O que você está esperando? Pode ir ver a sua mulher!
=====
O funcionário sai radiante e, na segunda-feira, o chefe pergunta:
— E então, rapaz? É menino ou menina?
— Não sei, Doutor...
— Como não sabe? O seu filho não nasceu?
— Que nada! — disse ele, com naturalidade — Só vai nascer daqui a nove meses!

Nossos jovens estudantes

Lendo o que Ronaldo Nezo escreveu sobre "Jovens: o que eles têm na cabeça?", sinto-me provocado a escrever que os jovens são o que a escola proporciona, considerando que não são todos iguais, jovens e escolas. Por causa de um e outro - de uma ou outra - não podemos desvalorizar o conjunto dos jovens e das escolas. Agora, uma inquietude eu sempre carreguei enquanto educador, a avaliação "prova". Sempre questionei a "prova" enquanto método de avaliação por pensar que não prova saber, conhecimento.
Tratando-se de aula, por mais que se estude ou decore, na hora da famosa "prova" esquece-se o que tanto estudou, ou seja, surge o famoso "branco", podendo levar o estudante a tirar uma nota abaixo de seu conhecimento e capacidade.
Defendo a teoria do uso de outros métodos avaliativos: pesquisa e trabalhos bibliográficos e de campo, resumos, resenhas, discussões em grupo, filmes, documentários, debates em sala, presença, participação, entre outros. Por que somente a prova e trabalhos? A falta de criatividade e planejamento pedagógico pode estar levando às agressões, violências, indisciplina, desinteresse, repetência...

19 de maio de 2007

Ritalina nos hiperativos

Atualmente, as pessoas hiperativas - sobretudo os estudantes - estão sob a mira de Ritalina como calmante e, porque não, brochante, por parte dos professores, psicólogos e neurologistas.
Imaginem, se na antiguidade (tempo de Platão, Sócrates e Aristóteles) existisse a Ritalina, visto que, como descreve Aristóteles, os jovens da época "são inconstantes e depressa se enfastiam do que desejaram; se desejam intensamente, depressa cessam de desejar. Suas vontades são violentas, mas sem duração, exatamente como os acessos de fome e de sede dos doentes".
Caso tivessem agido como agem os educadores atuais, teriam tornados os jovens antigos em homens introvertidos, pacatos e dominados.
Vale lembrar o alerta do dr. Leckman sobre a Ritalina de que "Utilizando técnicas sofisticadas para estudar o cérebro humano, pesquisadores norte-americanos concluíram que a Ritalina (cloridrato de metilfenidato), tomada por milhões de crianças no mundo inteiro, produz o mesmo efeito sobre o cérebro que a cocaína. Os estudos também mostraram que as crianças hiperativas que tomam Ritalina são mais propensas a se tornarem tóxico-dependentes do que aquelas que não tomam o medicamento. A Ritalina também pode alterar todo o perfil biodinâmico dos usuários e causar o mesmo efeito devastador que o uso prolongado de cocaína."

Tem que ter pobre mesmo

Joaquim Roriz, ex-governador do Distrito Federal, fez um enorme discurso de que sem pobre o rico não existiria e tem que ter pobre mesmo. Afirmou - e ouvi na CBN - que tem que ter jardineiro para cuidar dos jardins dos ricos, motorista para guiar para eles, empregada doméstica para limpar a casa deles. Pensa o político que caso não existam os pobres, como eles ricos poderão viver? Defendeu que os pobres não precisam ganhar mais que o suficiente para sobreviverem. Que bele cultura do político brasiliense. E os eleitores ainda votaram e votam nele. Será que pretenderá candidatar-se um dia a presidente da República?

Habitação

Publiquei dia desses comentário sobre casas populares e lembrei-me do capítulo do livro "Direitos e Integridade Humana" escrito por mim e Alberto Abraão, resultado de uma entrevista a ele sobre o sistema financeiro de habitação, publicado em http://porta-da-cidadania.blogspot.com. Vele a pena ler. É o penúltimo texto do blog.

18 de maio de 2007

Servidores em disfunção

É expressivo o número de servidores municipais em disfunção em Maringá, denuncia Paulo Vidigal.
Alerta que Agentes Comunitários de Saúde contratados para o Programa Saúde da Família acabam desempenhando funções de auxiliares administrativos quando poderiam estar visitando pacientes que não podem se locomover até o posto ou fazendo o trabalho de prevenção de doenças, que é uma das essências do programa. Um exemplo pode ser constatado em um determinado posto de saúde da cidade em que uma Agente de Saúde trabalha internamente em funções especificamente administrativas, diariamente. Uma prática que provavelmente deve acontecer em outros postos de saúde.

Escola Milton Santos

Messias Mendes denuncia em seu blog que a Escola Milton Sandos, que abriga o curso de agroecologia está enfrentando algumas ameaças veladas. É que a administração municipal pensa em retomar a área - provavelmente para empreendimentos empresariais . No fundo, no fundo, o que está pegando mesmo é o fato de que a maioria dos alunos são do MST, o que de certa forma revela o preconceito ideológico que a elite local nutre contra as minorias, e sobretudo contra os movimentos sociais identificados com a esquerda.

O Oceano preocupa

De acordo com Ambiente Brasil, os oceanos da Terra, que há séculos absorvem parte do excesso de gás carbônico da atmosfera, podem estar perdendo essa capacidade, diz um novo estudo.
O acúmulo de CO2 no ar, desde o início da era industrial, levantou o temor de que o gás viria a prender energia solar na atmosfera, causando um aquecimento global e mudanças no clima. Relatório divulgado em fevereiro por uma rede internacional de cientistas confirma esse cenário. Os oceanos ajudam a evitar o pior: acredita-se que absorvam cerca de um quarto das emissões de carbono provocadas pela atividade humana. Veja a matéria completa aqui.

Dengue em São Paulo

Das 645 cidades do Estado de São Paulo, aproximadamente 90 estão com problemas de dengue. Uma dúvida permeia-me: será que José Serra poderá culpar a administração de Maringá pela infecção naquele Estado?

Prefeitos do PT em Brasília

De acordo com Fernando Rodrigues, prefeitos petistas realizaram em Brasília encontro nacional promovido pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Os políticos tiveram palestra com a ministra Dilma Rousseff e contaram com a presença do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo e do presidente do PT, Ricardo Berzoini.

Pedágios

Sete Estados brasileiros cobram pedágios nas estradas estaduais e federais, todos acompanhando o litoral do Oceano Atlântico, com exceção de Santa Catarina (por enquanto). Veja os Estados: http://www.aondefica.com/pedagio.asp. Clicando em cada um, conheça as estradas pedagiadas.
Caso nos demais Estados as cobranças não sejam revertidas em benefícios aos usuários, como ocorre no Paraná, os prejuízos aos motoristas são gigantescos e a justiça é sega perante as reclamações da população.

Movimento PT

Neste sábado, 19/05, das 08 às 16 horas, os militantes do PT do Paraná que fazem parte do grupo "Movimento PT", farão encontro no Plenarinho da Câmara Municipal de Maringá. Do grupo, entre outras pessoas, também fazem parte o ex-prefeito de Maringá, João Ivo Caleffi e o ex-deputado estadual padre Paulo Campos.

Café da Manhã de Direitos Humanos

Amanhã, sábado, 19 de maio, às 08h30min., as entidades e movimentos sociais que desenvolvem atividades de Direitos Humanos se reunirão em Sarandi para o 2º Café da Manhã de 2007, momento em que discutirão problemas da região.
O Café será realizado na APMI de Sarandi. Rua Taí n° 119, centro - próximo à APAE e Escola Municipal São Francisco de Assis.

Jornada de lutas

Movimentos sociais (CUT, CONLUTAS, Intersindical, MST, UNE, CONAM, MTST, MTL) convocam mobilização, ou seja, jornada de lutas nacional, para o próximo dia 23 de maio. Entre as reivindicações estão:
· Reforma agrária
· Emprego para todos, redução da jornada de trabalho sem redução de salários
· Em defesa do direito irrestrito de greve, contra a criminalização dos movimentos sociais
· Em defesa do serviço público : educação e saúde pública, gratuita e de qualidade para todos/as
· Direito de moradia digna para todos
· Em defesa do meio ambiente, contra a destruição da Amazônia. A pauta completa da jornada encontra-se AQUI.

17 de maio de 2007

João Ivo com espaço para trabalhar


Foi inaugurada hoje, às 14 horas, a sede do Escritório da Região Metropolitana de Maringá, coordenado por João Ivo Caleffi. Além da presença do governador em exercício do Paraná, Orlando Pessuti e do secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano, vários prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, lideranças sociais, amigos do Caleffi - e também adversários políticos - e coordenadores das regiões metropolitanas de Londrina e Cascavel, estiveram presentes na inauguração da Região Metropolitana de Maringá.

João Ivo assina a posse




Merreca de 300 mil

Ouvi no Bom Dia Brasil esta manhã a divulgação de uma gravação telefônica entre o juiz investigado e um assessor de Sérgio Cabral onde o juiz oferece ao assessor 25% de 300 mil que sua esposa tem haver do Estado do Rio de Janeiro de uma indenização de desapropriação. O interessante é que o juiz chama os 300 mil de MERRECA. Se pensa assim do dinheiro, o que não deve pensar dos pobres que não o tem?

Inauguração do Escritório da RMM

Hoje, às 14 horas, na Avenida Humaitá, 268 - com a presença do governador do Paraná, em exercício, Orlando Pessuti, será inaugurada o Escritório da Região Metropolitana de Maringá, coordenado por João Ivo Caleffi.

16 de maio de 2007

As últimas da noite

Joãozinho entra de fininho na sala de aula e é surpreendido pela professora:
- Atrasado de novo, Joãozinho?
- Pois é, professora... Acontece!
- Acontece? - exclama ela, exaltada - Você anda muito indisciplinado, garoto! Quando não chega atrasado nas aulas, falta. O que você pretende ser se comportando assim?
- Político, professora!
No dia da audiência, o acusado faz uma proposta ao seu advogado:
- Vamos combinar o seguinte? Se eu pegar 5 anos, lhe pago mil Reais, se eu pegar 3 anos lhe pago dois mil e se eu pegar somente um ano lhe dou cinco mil, topas?
- Combinado!
No dia seguinte, o advogado vai visitar o seu cliente na prisão.
- Eu lhe consegui um ano, portanto você me deve cinco mil! E olhe que tivemos sorte, pois eles queriam absolvê-lo!

Reforma Política

Frente de Mobilização por uma Reforma Política Ampla, democrática e participativa, agita a sociedade civil, entidades, movimentos sociais e deputados nos estados do Brasil em busca da Reforma desde novembro de 2006. Eis aqui um resumo do manifesto ou manifesto inteiro, assim como os Deputados que compõe a frente.

Investigação

Scripts da mídia sobre descumprimentos de contratos no Paraná nas entregas de remédios ao governo para atendimento da população e na não duplicação das rodovias pedagiadas (considerando o montante que arrecadam) nos leva a ficar desconfiados com a justiça, tendo em vista as últimas denúncias contra os magistrados em diferentes pontos do Brasil. Será que uma eventual investigação da Polícia Federal também não pegaria magistrados do Paraná e Porto Alegre, além de advogados e empresários? Quem sabe!!!
EM TEMPO: Meu computador não reconheceu as palavras “rodovias pedagiadas” e pediu para substituir por “rodovias plagiadas”. Até que tem sentido...

Ritalina nas escolas

Estudantes da educação básica tido como hiperativos são medicados com Ritalina para controlá-los na escola, conforme pesquisa apresentada na noite desta terça-feira, pela doutora Boarini, do departamento de Psicologia da UEM, integrante do Conselho Municipal de Saúde de Maringá/PR, durante Mesa Temática: Políticas Públicas e Educação, no I Encontro Científico do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), no Auditório Ney Marques.
Os professores e acadêmicos presentes ficaram perplexos com a informação da medicação de drogas sobre alunos hiperativos como forma de controlá-los ao invés de investir na educação.
Comentário: É proibido ser criança, conversar, levantar-se da carteira ou chamar a(o) professora(o) sob risco de interpretação de hiperatividade.
Devemos estar alertas sobre os efeitos das atitudes médicas para o desenvolvimento humano destas crianças ao prescreverem determinadas drogas. O sistema público de saúde tem obrigação de garantir a integridade humana da infância e da adolescência, protegendo-as contra as drogas sejam quais forem, inclusive a ritalina.
As escolas, tentando controlar as hiperatividades das crianças estimuladas por ambientes mediáticos, podem estar estigmatizando a infância sem o devido conhecimento dos efeitos das drogas para a vida saudável, com a anuência de médicos que prescrevem as drogas sem o devido debate público.

Desemprego, terra e trabalho infantil

Padre João Caruana, após receber de internauta algumas citações sobre desemprego, terra, trabalho infantil, entre outras, desenvolveu uma análise que vale a leitura em http://acaopolitica.blogspot.com

15 de maio de 2007

João Ivo terá seu próprio espaço regional

O governador em exercício do Paraná, Orlando Pessuti, estará em Maringá na próxima quinta-feira, para inauguração do Escritório da Região Metropolitana de Maringá, coordenado por João Ivo Caleffi, ex-prefeito de Maringá. A vinda do governador não será para posse do coordenador da Região Metropolitana que já foi realizada em Curitiba, em abril passado e sim para inauguração do Escritório Regional que se realizará às 14 horas, do dia 17 de maio, na Avenida Humaitá, 268.

Chapeuzinho Vermelho na mídia atual

Enviada por Priscila Bertate
História de Chapeuzinho Vermelho poderia ser contada pela mídia atual, de acordo com suas características:
JORNAL ACIONAL (William Bomm): Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem...
(Flátima Fernardes): ... mas a atuação de um caçador evitou uma tragédia.
FLANTLÁSTICO (Grória Varia): Que gracinha, gente. Vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo. Não é mesmo, querida?
CIDADE ABERTA (Dai Tena): Onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades? A menina ia para a casa da avozinha a pé! Não tem transporte público! E foi devorada viva! Põe na tela! Tem um "link" para a floresta, diretor?
REVISTA GLÁURIA: Como chegar à casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho.
REVISTA MOVA: Dez maneiras de levar um lobo à loucura.
REVISTA MARIA-CLALA: Na cama com o lobo.
O ESTADIO DE SUM PAULO: Fontes confirmam que Lobo que devorou Chapeuzinho seria filiado ao PT.
REVISTA VÊ EXCLUSIVIO! Ações do Lobo eram patrocinadas pelo governo Lula e o PT.
Páginas Amarelas da VÊ JEA: "Está claro que houve tentativa de quebra de sigilo bancário da Chapeuzinho por parte da Dilma e do Tarso Genro. Eles têm que cair. "Arthur Virgílio.
ESTADIO DE MINASUÉ: Chapeuzinho come o lobo enquanto o lenhador vai pra floresta com a vovó.
ZERO HORA: Avó de Chapeuzinho nasceu no RS.
JORNAL AGORA: Sangue e tragédia na casa da vovó!
GAZETA DEL PUEBLO: O Lobo é irmão do Governador Requio Ão
REVISTA A CARAS: Chapeuzinho fala a CARAS: "Até ser devorada, eu não dava valor para muitas coisas da vida. Hoje sou outra pessoa"
PLAY BOY: Veja o que só o lobo viu!
ISTO É "VERDADE": Gravações revelam que lobo foi assessor de influente político de Brasília.
G SMAGA A ZINE: Lenhador mata o lobo e mostra o pau!
ON LINE O FU CHICO: A toca do Lobo era na mata atrás da casa do Marcos Valério.
JORNAL DO PT: Lula não sabe de nada!

14 de maio de 2007

CPI do apagão aéreo

Os integrantes da CPI do apagão aéreo primeiro foram (penso) para a sala de aula (Cindacta-1) aprenderem como funciona o espaço e o controle aéreo nacinal para então elaborarem o Relatório. Mais informações aqui.

80 mil casos de dengue

O comentário de Ronaldo Nezo em seu blog sobre os 80 mil casos de dengue em Maringá, levando em consideração o cálculo realizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de que para cada caso confirmado, outros 50 não foram identificados, estamos tomando precauções ingerindo um dente de alho por dia - em jejum. Se fará efeito não sabemos, mas felizmente - aqui em casa - não fomos atacado pelo mosquito transmissor.

Vanderlei é porta-bandeira

O Na Jogada enquete sobre o maratonista maringaense Vanderlei Cordeiro de Lima que foi escolhido nesta segunda-feira, em anúncio do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Organizador Pan-Americano (Co-Rio), Carlos Arthur Nuzman, o porta-bandeira do Brasil no desfile inaugural dos Jogos do Rio, em julho.
Visitem a UOL e votem: http://esporte.uol.com.br/enquetes/atletismo.jhtm?id=1386#r

Erro de português

Quando o português chegou debaixo duma bruta chuva, vestiu o índio.
Que pena!
Fosse uma manhã de sol, o índio teria despido o português.
Oswald de Andrade

Césio 137

No dia 26 de abril de 2007, fez 21 anos que ocorreu o acidente na usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, e que passou despercebido pela maior parte da população mundial.
No dia 13 de setembro próximo, fará 20 anos do acidente radioativo de Goiânia/GO, conhecido como Césio-137, advindo da cápsula do radioisótomo Cloreto de césio, de número 137 que, matou imediatamente quatro pessoas e contaminou dezenas de outras. Para não esquecermos, foi o maior acidente radioativo já registrado no Brasil até o momento.

Pastiére de grani

O Nono foi hospitalizado e os filhos, netos e bisnetos vieram de todos os cantos do mundo.
Os médicos deixaram que os parentes o levassem para a sua casa, para cumprir seu último desejo:
O de morrer em casa, ao lado de seus queridos.
Foi para o quarto e as visitas foram se revezando para tentar consolar e dar conforto ao Nono em seu derradeiro momento.
De repente o Nono sentiu um aroma maravilhoso que vinha da cozinha.
Era a Nona tirando do forno uma fornada de pastiére de grani italiani.
Os olhos do Nono brilharam e ele se reanimou.
Então, o Nono pediu ao bisneto que estava ao lado da cama dele:
-"Piccolo mio, vai na cojina e pede um pedaxo de pastiére pra Nona.
"O guri foi e voltou muito rápido.
-"E o pastiére?"
- perguntou o Nono.
-"A Nona disse que no!"
-"Ma per que no, porca miséria, ma que vecchia desgraciata! Que qüesta putana falô?"
-"A Nona disse que é pro velório!"
Do Manoel Antônio da Silva - Marília

13 de maio de 2007

Parabéns

A todas as mães meus parabéns, mesmo que quase atrasado, neste final de tarde de domingo - DIA DAS MÃES -, em especial à minha: Elizabeth Brandão, em Umuarama, sem esquecer de Thereza Paschoal, Rosinez Vinci, Matilde, Maria Inêz...

Crianças e o trabalho penoso

Estou deixando os domingos para descanso. Nem mesmo aciono o computador durante o dia. Mas, em alguns momentos, não agüento o descanso e invisto em leituras. Compartilharei uma delas com o leitor. É do DIEESE, estudo da década de 1990, publicado em “A situação do trabalho no Brasil. São Paulo: Dieese, 2001”, de que no Brasil, de 3 a 4 milhões de crianças, algumas vezes antes dos cinco anos de idade, e jovens adolescentes passam uma boa parte de sua infância e os primeiros anos da adolescência presos a atividades que, mesmo quando não têm caráter penoso, perigoso ou insalubre, deixam seqüelas para o resto da vida.
O estudo faz-me recordar do que prescreve a Constituição de 1988, no art. 7º, inciso XXXIII, Emenda Constitucional nº 20 de 1998, proibindo o “trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de quatorze anos”.
Ainda para o DIEESE, no mesmo estudo, “apesar de a legislação procurar proteger a criança e o adolescente, há uma grande distância entre o que diz a lei e a realidade observada. Crianças e jovens adolescentes continuam trabalhando no Brasil e, com isso, trocando a infância e a primeira fase da adolescência pela sobrevivência imediata, em flagrante desobediência ao estabelecido pelos instrumentos e mecanismos institucionais, internos e externos".
Disponibilizo esta reflexão, neste final de domingo, dia das mães, que, em muitos casos e situações, também exploram seus filhos crianças nos trabalhos caseiros.

12 de maio de 2007

País parado?

A impressão que temos é que a presença do papa Bento XVI no Brasil paralisou o País ou os MCS, intencional e demagogicamente, estão evitando noticiarem questões sociais, políticas, culturais, ambientais e econômicas, desde os conflitos e embates travados pelo Estado (por meio do aparato policial) contra a população pobre nas cidades e no campo brasileiro, desde os favelados, sem terra, índios e negros, crianças, jovens e idosos...
Parece que o Brasil está a mil maravilhas e, quando a população cair na real, após estes cinco dias de exclusividade ao Papa, dezenas de pessoas podem ter sido assassinadas, presas e torturadas, além das crianças desaparecidas, licitações públicas superfaturadas, leis terem sido aprovadas no calar da noite nas Câmaras municipais, Assembléias Legislativas e Congresso Nacional...

Café da Manhã

Dia 19 de maio, às 08h30min., as entidades e movimentos sociais que desenvolvem atividades de Direitos Humanos se reunirão para o 2º Café da Manhã de 2007 acompanhado de reunião sobre os problemas que envolve a região de Maringá, Sarandi e Paiçandu. O Café será realizado na APMI de Sarandi. Rua Taí n° 119, centro - próximo à APAE e a Escola Municipal São Francisco de Assis. Maiores informações no blog do MNDH-Paraná: http://mndhparana.blogspot.com e no blog do Fórum: http://fredh2007.blogspot.com

11 de maio de 2007

Geografia e Saúde

O Departamento de Geografia da Universidade Estadual de Maringá (UEM) realizará I Encontro Regional de Geografia Aplicada à Gestão da Saúde, juntamente com a XVI Semana de Geografia da UEM. Maiores informações pelo blog do evento: http://www.dge.uem.br/semana/index.htm

O Papa no Mosteiro

Foto da UOL
Bento XVI se despede do povo na frente do Mosteiro, em São Paulo, para celebrar a missa que santificou frei Galvão.

Multidão de fiéis e um Santo

Foto da UOL
Uns dizem 800 mil e outros, um milhão de fiéis. Fotos mais distantes representam um número menor. O importante não é a quantidade e sim a qualidade do evento religioso. Um santo genuinamente brasileiro.

A primeira noite de amor

Do HumorTadela - por e-mail
A Maria e o Manoel se casaram e foram ao hotel para passar a primeira noite de amor...
Chegando no quarto, o Manoel já estava em ponto de bala e começou a tirar a roupa mais do que depressa.
Até que quando o Manoel tirou os sapatos, Maria reparou que ele tinha o maior chulé no pé esquerdo e não aguentando aquele cheiro de gambá, perguntou por que tanto chulé em só um pé.
Aí, o Manoel respondeu:
— Oh, Maria! Eu tenho esse chulé no pé esquerdo porque a minha mãe, desde que eu era criança, sempre me falava para lavar o pé direito...

Não "cabeu"

Da HumorTadela - por e-mail
Joãozinho, sempre ele, escreveu numa redação da escola: o gato não "cabeu" no buraco. A professora, de castigo, mandou-o escrever 20 vezes no quadro a palavra "coube".
Quando ele terminou, a professora contou as palavras e comentou:— Mas você só escreveu "coube" 19 vezes, Joãozinho!
— É que a última já não "cabeu", professora!

10 de maio de 2007

Na Jogada

O blog "Na Jogada" de Pedro Henrique Filho, coloca os leitores em sintonia com o esporte de Maringá e região. Confira-o abaixo e ao lado em meu link: http://programanajogada.blogspot.com

Maringá 60 Anos

Parabéns Maringá.

Toda a imprensa: falada, escrita e televisionada de Maringá, destacam os 60 Anos de Maringá (Anos com "A" maiúsculo, devido à bela cidade e a reverência a Ela).
Agora sou maior de idade nesta cidade (21 anos aqui: 1º de agosto de 1985 – 1º de agosto de 2006) e a escolhi pela beleza, ar puro, planejada, mas, politicamente a desejar.

Como seria bom que:

  • as administrações que por Maringá passam tivessem preocupações além dos festejos de seu aniversário.
  • não se desviassem erário público;
  • não ocorresse superfaturamento;
  • houvesse transparência política em todos os sentidos cantos e poderes;
  • os impostos fossem bem investidos;
  • não houvesse perseguição política a lideranças sociais, políticas e econômicas dentro e fora da administração;
  • houvesse maior seriedade a saúde pública, à cultura (bibliotecas municipais, grupos folclóricos...);
  • houvesse investimento no meio-ambiente: mais plantios de árvores e cuidado com as que existem;
  • os buracos das ruas e avenidas deixassem de existir;
  • os matos e matagais fossem roçados periodicamente sem que necessário fosse realizar cobranças ou plantarem bananeiras e galhos nos meios das ruas;
  • as escolas públicas não precisassem ser repintadas para descaracterizar as cores de administrações anteriores;
  • a dengue não mais fosse preocupação de vida ou morte dos maringaenses;
  • os servidores trabalhassem sem a preocupação de serem perseguidos por pensarem e emitirem opiniões divergentes;
  • a harmonia dos 60 Anos de Maringá contagiasse os maringaenses, a administração pública, os vereadores, os juízes e os promotores públicos a partir do primeiro dia útil ao dia 10 de Maio de 2007;
  • a esperança voltasse a prevalecer sobre todos e todos voltassem a serem alegres como são a bandeira e a música da cidade.

Parabéns Maringá.

9 de maio de 2007

Belestra e seu novo blog

Roberto Belestra ressurge com novo blog e promete. A montagem e o conteúdo é de alto estilo. Parabéns Balestra: http://jrbalestra.blogspot.com

Plebiscito

Dentro de pouco mais que uma hora, às 19 horas, em Curitiba, será realizado lançamento do plebiscito popular pela anulação do LEILÃO DA COMPANHIA VALE DO RIO DOCE. O lançamento será pelo Comitê do Paraná, no Auditório da Biblioteca Pública do Paraná e fazem parte movimentos sociais, organizações diversas, entidades e partidos políticos, visando construirem um Plebiscito Popular no Estado. Maiores informações sobre o Comitê, o Plebiscito e o leilão, aqui: www.avaleenossa.org.br

Aborto dá excomunhão

No avião, enquanto viaja para o Brasil, Bento XVI deu o recado aos que defendem o aborto - sobretudo aos deputados - que podem ser excomungados.

Quatro vereadores não assinaram

Do SISMMAR - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá
Servidores ameaçados de demissão se manifestam na Câmara A sessão da Câmara de ontem (08/05) contou com a presença de servidores ameaçados de demissão. O objetivo era colher assinaturas dos vereadores no manifesto que solicita ao prefeito o reestudo das 28 demissões. Dez veredores assinaram o manifesto. Apenas quatro não assinaram o documento: John Alves (Presidente da Câmara), Mário Hossokawa (líder do prefeito), Humberto Becker e Zebrão. Os servidores exibiram uma faixa que agradecia o apoio dos vereadores. Os vereadores que assinaram o manifesto somam-se ao pedido de inúmeras entidades, organizações, representantes do executivo estadual, etc. Esse leque de apoio reflete no anseio da população de que os 28 servidores não sejam penalizados por exercerem o direito de greve. Todos queremos a unidade para que servidores em conjunto com a administração possam resolver os problemas da cidade. Dengue, violência no trânsito, segurança e tantos outros. A demissão injusta dos 28 servidores não contribui em nada para o entendimento entre as partes.

Essa é 10

Essa que recebi por e-mail, é 10!
Um menino de 5 anos queria ganhar 100 reais e rezou durante 2 semanas para Deus.
Como nada acontecia, ele resolveu mandar uma carta para o Todo-Poderoso com seu pedido.
O correio recebeu uma carta endereçada para Deus-BRASIL". Resolveram mandá-la para o Lula.
Lula ficou muito comovido com o pedido e resolveu mandar uma nota de 10 reais para o menino, pois achou que 100 reais era muito dinheiro para uma 'criança pequena'.
O garotinho recebeu os 10 reais e imediatamente notou o endereço do remetente: "Brasilia-DF".
Pegou papel e caneta e sentou-se para escrever uma carta de agradecimento:
- Prezado Deus: Muito obrigado por me mandar o dinheiro que pedi, contudo, eu pediria que, na próxima vez, o Senhor mandasse direto pro meu endereço, porque quando passa por BRASÍLIA, aqueles filhos da "p" ficam com 90%!!!

8 de maio de 2007

Bala de menta

Dizem que quem chupa bala de menta pensa melhor pois a bala contribui com a "menta-lidade" do cidadão pensante.

Novo blog

Novo blog na praça: Paulo Vidigal. Confira. Tudo indica que será interessante.

Vereadores serão procurados por servidores

De acordo com Paulo Vidigal, servidores municipais ameaçados de demissão irão a Câmara de Maringá para conseguir as assinaturas dos vereadores que ainda não assinaram o manifesto que será enviado ao prefeito solicitando o reestudo das 28 demissões.

Celibato e aborto

Conheço a Igreja Católica à altura de observar que mudanças internas ocorrerão apenas a longo prazo. O principal motivo é a idade dos que detém o poder central na Igreja. Por parte: Celibato - como passar se aqueles que aprovarem (os bispos, cardeais e o papa) não poderão mais se casar?; Aborto: como aprovar se não sendo casados não sentem diretamente o que é uma família e uma mulher?...

7 de maio de 2007

Riscos de assassinato


Andye Iore ao comentar em seu blog sobre "o assassinato do jornalista Luiz Carlos Barbon Filho, 37 anos, na semana passada em Porto Ferreira (SP)", denuncia que ele próprio já foi alvo de ameaças aqui em Maringá nestes últimos anos.
Para quem tem o jornalismo como profissão, vale cuidados redobrados, sobretudo porque os que visam acúmulos, para alcançar seus objetivos não se importam com a vida do outro. Diretamente não se envolvem mas encomendam os serviços a longa distância e ainda mandam condolências. É o mundo cão.

Turma Ambiental

Outro blog que tenho observado fora da ativa e o Naturalmente Ecológico que tantas notícias interessantes divulgava. Cadê vocês turma do Meio Ambiente?

Caixa de Pandora retornou

Que bom que A Caixa de Pandora retornou neste domingo. Suas notícias são importantíssimas aos maringaenses. Como Pandora adiantou, deve-se ter cuidado com o que se escreve pois não se sabe como o atingido reagirá.

Computador em greve

O computador do Angelo Rigon parece estar em greve desde sábado, levando-nos a ficar sem as principais notícias do principal blogueiro da região. Tomara que seu micro volte a funcionar o quanto antes para continuarmos informados.

O trote universitário

Lembrava-me que o trote universitário é antigo e hoje reencontrei a época: século XIII, quando surgiu a universidade, momento em que os estudantes, além de pagarem os professores – o que significa que somente estudava quem fosse detentor de dinheiro –, também exigiam dos que estavam adentrando nos estudos – os calouros – que patrocinassem uma festa aos veteranos, um “lauto festim”.

O Papa e os pré-conceitos

A visita do papa atual, Bento XVI, fará vir à tona muitas discussões presas nas gargantas dos fiéis, que não mais são tão fiéis como antigamente, se é que eram. Três discussões farão parte do cardápio antes e pós visita: aborto, uso da camisinha e sexo antes do casamento.
Para a maioria dos jovens, como vimos ontem no "fantástico" - que não é fantástico - camisinha, sexo e aborto deveriam ser livres e, a Igreja enquanto instituição não deveria se meter. Ou seja, dependendo dos jovens que, segundo a própria Igreja Católica, são o futuro do mundo, liberem-se e não se proiba o que o homem (jovem) já liberou desde o século XX.

ACP campeão


Como foi contagiante a vitória do Paranavaí sobre o Paraná em Curitiba. Até os que aparentemente eram insensíveis a futebol, demonstraram publicamente alegria pela vitória do interior X a capital. Neste sentido vários os vizinhos soltaram fogos, demonstração que até então não haviam expressado, nem mesmo nas vitórias do Brasil na Copa do Mundo. Parabéns ao ACP.

6 de maio de 2007

Descansando

Fui no casamento de uma prima em Cafezal do Sul, que se realizou no sábado a noite e, amanhã retornarei com o blog.

5 de maio de 2007

Ataque cardíaco cai 50%

Está no Ambiente Brasil que a possibilidade de que eu e você bata as botas por ataque cardíaco (caiu em 50% entre 1999 e 2005). Não é uma excelente notícia? Poderemos viver mais, dependendo do que comemos e de como nos comportaremos fisicamente, colesterolmente e diabeticamente. Veja a matéria AQUI.

4 de maio de 2007

O perigo das águas


A vontade de um motorista tentar passar sobre as águas em uma rodovia alagada pode resultar no fim da vida de ambos. A foto ao lado, da UOL, demonstra isto. Todo cuidado é pouco. Ao ver alagamento, contenha-se.

Blog universitário

O blog da professora da UEM, Maria Aparecida Cecílio, é interessante pela metodologia e didática em oferecer aos acadêmicos e professores, indicativos de páginas e documentos para pesquisas. Conheça-o: http://mariacecilio.blogspot.com/

Juízo moçada

Messias Mendes pede juízo aos petistas de Sarandi que ao se dividirem internamente, correm o risco de não elegeram o sucessor do prefeito atual, Cido Spada. O pedido de Messias faz-me lembrar de que pelo menos cinco candidatos - caso não mude o cenário - podem participar da disputa interna pela sucessão, podendo reverter em divisões, favorecendo os candidatos de outras siglas partidárias.

Pista de corrida

As avenidas e ruas de Maringá foram transformadas em verdadeiras pistas de corridas pelos motoristas e motoqueiros.
Dias desse quase fui atropelado em plena Avenida Tuiuti, tal a velocidade que o condutor trafegava. Pela rapidez com que passou, deveria estar há uns 90 por hora. Vi o veículo distante, iniciei o cruzamento a pé, ouvi um grito: "olha o carro!", quando olhei, o veículo estava próximo - corri - e ouvi o barulho do veículo passando. Olhei no sentido contrário e o veículo já estava distante. Nem deu tempo assustar ou ver a placa.
Hoje fiquei na Avenida Tuiuti, esquina com a Rua Rio Ligeiro, observando por alguns minutos como se comportam os motoristas e é assustador. Falta de responsabilidade total. O pior é que não acontece apenas aqui...

3 de maio de 2007

Promessa que não será cumprida

No encontro dos prefeitos em Brasília, Lula prometera 1% a mais no repasse para o Fundo de Participação dos Municípios. Fernando Rodrigues coloca em seu blog que o governo constatou que se cumprir a promessa não terá de onde tirar o dinheiro e retirou da pauta da Câmara a PEC que aumentaria o repasse. Vai dar o que falar, sobretudo porque Lula foi muito aplaudido quando prometera.

Acessibilidade


Falta um mês (3 de junho) para que os prédios públicos em todo o país se adequem à Lei de Acessibilidade. De acordo com a Agência Brasil, até 3 de junho os prédios públicos devem cumprir as determinações da Lei de Acessibilidade (tenho minhas dúvidas - infelizmente), de acordo com o Decreto-Lei 5.296, de 2 de dezembro de 2004.
"A legislação regulamenta o atendimento às necessidades específicas de pessoas portadoras de deficiência no que concerne a projetos de natureza arquitetônica e urbanística, de comunicação e informação, de transporte coletivo, bem como a execução de qualquer tipo de obra, quando tenha destinação pública ou coletiva", alerta a Agência Brasil.
Destacamos que quem não cumprir o que determina a Lei estará sujeito às penalidades administrativas, cíveis e penais previstas no Artigo 3 do decreto e dependerá das denúncias (ações civis, administrativas e penais) propostas pelos portadores de deficiência junto aos órgãos competentes (ex.: Ministério Público).

2 de maio de 2007


Marta, sua dúvida se a árvore que sofreu o impacto do peugeot na madrugada do dia 30 para o dia 1º de Maio, estivesse sido destruída, está ao lado. Ela recebeu a pancada direta e o veículo parou na árvore seguinte, a uma distância de 10 a 15 metros, onde está aglomeração maior em torno dos restos da lataria.

Casas populares


Dezenas de pequenas casas estão sendo construídas ao lado do Parque Residencial Tuiuti, em frente ao CMEI Maria Doná Ferraz e, tenho observado que as mesmas não têm estruturas.
São construções com lajotas amarradas, sem colunas. Não terão lajes (pela foto se constata) e o trabalhador que adquirir não terá como colocar e se tentar, tudo desabará.
Fiquei com interrogações cruéis: tem fundação? agüentarão ventanias? Quanto custará a quem adquirir? Também foi assim - sem estrutura - as casas construídas pelo governo José Cláudio e João Ivo? Disseram-me que não. Não sei. Não acompanhei...

Entrevista para uma grande empresa...

Enviado por Karina
1) Candidato da Instituição Um:
Diretor: Qual e a coisa mais rápida do mundo?
Candidato: Ora, e um pensamento.
Diretor: Por que?
Candidato: Porque um pensamento ocorre quase instantaneamente.
Diretor: Muito bem, excelente resposta.
2) Candidato da Instituição Dois:
Diretor: Qual e a coisa mais rápida do mundo?
Candidato: Um piscar de olhos.
Diretor: Por que?
Candidato: Porque e tão rápido que as vezes nem vemos.
Diretor: Ótimo
3) Candidato da Instituição Três:
Diretor: Qual e a coisa mais rápida do mundo?
Candidato: A eletricidade.
Diretor: Por que?
Candidato: Veja, ao ligarmos um interruptor, acendemos uma lâmpada a 5 km dedistância instantaneamente.
Diretor: Excelente.
4) Candidato da Instituição Quatro:
Diretor: Qual e a coisa mais rápida do mundo?
Candidato: Uma diarréia...
Diretor: Como assim? Esta brincando? Explique isso...
Candidato: Isso mesmo. Ontem a noite eu tive uma diarréia tão forte, que antes que eu pudesse pensar, piscar os olhos ou acender a luz, já tinha me cagado todo...
Diretor: O emprego é seu!
"Fundamento técnico não é tudo, mas entender de cagadas é o que o mercado precisa!"

Estacionamento do aeroporto


Antes de privatizarem toda a frente do aeroporto de Maringá como estacionamento, os motoristas tinham um "Plano B": estacionarem os veículos na rua ao lado do alambrado após a praça do aeroporto e em frente a própria praça que era pública. Como agora, tudo foi privatizado, só vejo uma alternativa: estacionarem nas laterais da pista antes do portão de entrada do estacionamento privado. Como a rua (estrada) que dá acesso ao aeroporto é pública, a administração não poderá impedir o direito constitucional de ir, vir e estacionar nas laterais.

1 de maio de 2007

A história da Romaria do Trabalhador

A história da Romaria do Trabalhador encontra-se após as fotos do acidente da peugeot na Av. Guaiapó ou aqui.

O peugeot 2007 e seus restos

Na madrugada do dia 30 para o 1º de maio, um Peugeot - dizem que era 307 e ano 2007 - cruzou a Praça Thereza Rosa Bariquelli Covre, entre as Av. Guaiapó e Jinroku Kibota, bateu em duas árvores que sofreram pequenos danos - ainda bem - e os restos do peugeot que se espedaçou, estão nas fotos abaixo. O motorista - dizem - nada sofreu. Após o acidente, o resto do veículo foi depenado: pneus, motor e tudo mais.

Restos de um Peugeot 2007
















































Romaria do Trabalhador de Maringá - resgate da história

Elias Canuto Brandão

Cheguei em Maringá no dia 1º de agosto de 1985, como agente da Comissão Pastoral da Terra do Paraná (CPT) e, minha transferência foi acompanhada de negociações entre a então Pastoral Rural da Arquidiocese (padres Lourenço Gauci, Vicente Costa e Júlio Antônio da Silva) junto ao arcebispo dom Jaime Luiz Coelho, que somente concordou após buscar informações junto ao bispo de Umuarama, dom José Maria Maimone (visto eu ter sido, até 1984, seminarista daquela Diocese), a respeito do representante que a Comissão Pastoral da Terra do Paraná (CPT) estava enviando para Maringá.
O objetivo da CPT em estabelecer em Maringá uma representação era devido aos conflitos e violências no campo na região: Maringá, Campo Mourão e Paranavaí, desde Jandaia do Sul, até os rios Paraná e Paranapanema.
No ano seguinte, participei da manifestação do 1º de Maio de 1986 realizado na Praça Raposo Tavares, com a participação de aproximadamente 200 pessoas e no ano 1º de Maio de 1987, realizado na Praça da Igreja Sagrado Coração de Jesus – Vila Morangueira, com a participação de aproximadamente 500 pessoas. A quantidade de pessoas presentes nas manifestações estava aquém do planejado pelos organizadores, talvez pela quantidade de bandeiras, sobretudo as do Partido dos Trabalhadores (PT) empunhadas pelos novos militantes, assustando o povo ainda desconfiado do futuro político do Brasil, apesar do fim da ditadura e de uma "democracia indireta" em ação.
Até aquele ano as manifestações organizadas pelos sindicatos dos trabalhadores e pelas pastorais: rural e operária da Arquidiocese.
Observei que as manifestações não aglutinavam as pessoas. Estas preferiam participar de festas, churrascos e torneios oferecidos pelas associações de moradores, cooperativas e empresários, mesmo estando eles descontentes com a situação econômica, política e organizacional da cidade e do país.
Observava que se não fosse organizado algo diferente daquelas manifestações o povo não participaria. Sugeri na época a alguns padres (Lourenço Gauci, Júlio Antonio da Silva, Vicente Costa, João Caruana, entre outros) que organizássemos no ano seguinte uma Romaria do Trabalhador semelhante às Romarias da Terra que organizávamos na CPT (participei das organizações destas romarias entre 1985 a 1990) e que a Romaria do Trabalhador fosse ecumênica, com espaço para palavra livre: reflexões e denúncias dos presentes e de lideranças sociais, sindicais e religiosos, encerrando sempre com celebração ecumênica.
Aprovado a idéia da Romaria do Trabalhador para o ano seguinte, sobrou para mim a coordenação geral que assim o fiz em 1988 e 1989 e, a organização da 1ª Romaria do Trabalhador se deu nas dependências do Colégio Santa Cruz e o desenho do cartaz foi idealizado por mim e um seminarista desenhista, no Seminário Diocesano, em Umuarama.
A 1ª Romaria do Trabalhador de Maringá que ocorreu no Miozótis, em 1988 (aproximadamente 3 mil pessoas, iniciando-se na Praça Emílio F. Espejo, percorrendo a Avenida Kakogawa e da Palmeiras até o campo de futebol ao lado do Colégio Maluf) e Sarandi, em 1989 (aproximadamente 5 mil pessoas, iniciando-se no Jardim Panorama até a Praça da Igreja central).
Ao mesmo tempo em que preparávamos as Romarias e outras atividades sociais, discutíamos a eleição dos deputados constituintes que elaborariam a Constituição do Brasil que foi promulgada em 1988, assim como levantávamos propostas a serem encaminhadas a Brasília/DF, visando a inclusão na Constituição.
A partir da terceira Romaria do Trabalhador, outros assumiram as coordenações e observei que as mesmas deixaram de cumprir o objetivo pelo qual foram organizadas: o de caráter ecumênico, dificultando a participação de trabalhadores não católicos, de entidades de classe e de pessoas que não praticam religião.