31 de julho de 2008

Milícias privadas em Terra Rica

Carta encaminhada ao deputado estadual Tadeu Veneri e outras autoridades pelo diretor do SENGE/PR, Sérgio Inácio, relata que milícias privadas têm ameaçado e atacado diariamente as famílias acampadas do MST, em Terra Rica/PR. De acordo com a carta, as milícias têm atacado com bala o transformador da energia elétrica, deixando-os no escuro e a comunidade também sofre pela falta de água, gerando situações de calamidades.

Impugnações em Londrina

A qualquer momento a população de Londrina tomará conhecimento dos candidatos impugnados em primeira instância à Prefeitura e à Câmara de Vereadores. O Ministério Público solicitou impugnações de quatro candidatos a prefeito e doze candidatos a vereador. Os candidatos a prefeitos são:
  • deputado federal André Vargas (PT);
  • deputado estadual Antônio Belinati (PP);
  • deputado estadual Luiz Eduardo Cheida (PMDB) e,
  • advogado Marcos Colli (PV).
Dos que concorrem ao Legislativo de Londrina, a maior parte deles estão envolvidos no atual escândalo da Câmara de Vereadores ou já foram vereadores em legislaturas anteriores e terão dificuldades para confirmar a candidatura.
Comparando o tamanho das cidades: Londrina X Maringá, em relação à quantidade de impugnações solicitadas, Maringá saiu-se na frente. Foram 16 solicitações em Londrina, para uma população aproximada de 500 mil habitantes, contra 19 solicitações em Maringá que tem uma população aproximada de 330 mil habitantes. Falta agora acompanhar as decisões da justiça daquela Comarca.
Fontes:

Hoje tem debate na Band

A TV Bandeirantes - canal 6 - transmitirá hoje a partir das 22 horas o primeiro debate entre os candidatos à Prefeitura de Maringá/PR. O debate deve durar mais de duas horas e a população espera o comparecimento dos oito inscritos para conhecer o projeto político e eleitoral de cada um.

30 de julho de 2008

Apuro higiênico

Na manhã de hoje, uma aluna da UEM passou apuro ao fazer suas necessidades e ao mesmo tempo constatar a não existência de papel higiênico no banheiro feminino. Após aguardar que alguém adentrasse o recipiente para pedir socorro, a voluntária que se colocou à disposição para ajudar constatou que não havia papel higiênico em nenhuma das casinhas de segredo daquele bloco. Encontrando uma zeladora, foi informada que também não tinha papel higiênico, obrigando-a a correr a outro bloco em busca do salvador da pátria para a apurada que permanecia aguardando ser socorrida. A acadêmica jamais esquecerá o episódio. Da próxima vez, antes de se assentar sobre o vazo sanitário, possivelmente olhará em seu entorno para constatar a existência do amigo salvatório.

A campanha em Maringá

A campanha eleitoral em Maringá parece não ter iniciado. Tudo está muito calmo, com exceção dos Comitês Eleitorais. Poucas são as reuniões entre candidatos e eleitores. Poucos são os carros de som que perambulam pelas ruas. Poucos são os que se arriscam a pedir votos de casa em casa e no comércio. Parecem amedrontados com a Lei 9840 e com a firmeza do Ministério Público.
Parece-nos que o "pega pá capá" dar-se-á no mês de setembro, quando todos os processos já estiverem julgados e as eleições estiverem na boca do balão (05 de outubro). Até lá, o que presenciaremos são veículos outdoors ambulantes, casas marcadas com banners dos candidatos favoritos sem levar em consideração a fidelidade partidária. Estas eleições - em nível nacional - serão marcada pelo voto à pessoa e não a um determinado partido político. Os indicativos é que o voto de legenda este ano não será uma marca como nas eleições anteriores. Milhares de filiados devem votar em candidatos de outro partido, mesmo sem gostar do partido pelo qual o candidato a receber o voto está filiado.

Debate na Band

Nesta quinta-feira, dia 31 de julho, a partir das 22 horas, haverá debate entre os candidatos a prefeito de Maringá. O debate será transmitido pela TV Bandeirantes e, pelo andamento das entrevistas pontuais às rádios, jornais e TVs, o debate não nos parece que transcorrerá de forma tranqüila. Podem ocorrer acusações e críticas que, ao invés de ajudar o eleitor, confunda-o. Por outro lado, como é o primeiro encontro entre os candidatos, eles poderão atacar pouco, ficando na defensiva ou mesmo se conhecendo, até que os processos em andamento sejam transitados e julgados.

Sílvio reinterpreta a impugnação

O prefeito atual e candidato à reeleição Sílvio Barros II parece ter dado uma de "João sem braço" na interpretação da impugnação de sua candidatura à prefeitura de Maringá. Interpretou a sentença do juiz Airton Vargas da Silva como "transferência da decisão" de sua candidatura para o TRE ou TSE, devendo recorrer sobre a impugnação.
Fiquei na cruel dúvida: será que Sílvio Barros entende que o juiz não foi capaz de impugná-lo e passou a bola para os tribunais superiores? Se para o candidato a decisão do juiz não foi impugnação e sim transferência de decisão, o que é uma impugnação de fato e de direito? Se o juiz "transferiu a decisão", por que então o próprio juiz não o fez ao invés do candidato ter que fazer o recurso? Sobre a interpretação da transferência de decisão, assista o final da entrevista na CBN.

29 de julho de 2008

66,6% dos vereadores foram impugnados

Perceberam que dos 15 vereadores atuais da Câmara Municipal de Maringá, 14 deles concorrem à reeleição e, destes, 10 foram impugnados pela Justiça Eleitoral em primeira instância, o que significa 66,6% da casa de leis?

João Ivo e Ênio foram deferidos

As candidaturas de João Ivo Caleffi (PMDB) e Ênio Verri (PT) foram deferidas pela Justiça Eleitoral e ambos podem continuar na disputa eleitoral com os demais candidatos.

Sílvio Barros foi impugnado

Acabo de chegar em casa e leio no Rigon (1, 2) que a candidatura de Sílvio Barros II foi impugnado. E agora povão, haja coração. Não tenho conhecimento de que na história de Maringá tenha ocorrido impugnações. Desta vez já são 12 candidatos impugnados, sendo dois a prefeito e 10 vereadores, sobre pessoas que talvez pensassem não serem atingidos. O importante é que se faça justiça.

Método de fazer "amor"

A esposa do Zé sente constantes dores de cabeça - sobretudo em se tratando de fazer amor -, obrigando-a a procurar o médico para se tratar. No consultório teve algumas orientações fundamentais com resultados inesperados. A mulher orientou o Zé a também procurar um médico, visto que ele estava com dificuldades de fazer "amor". O resultado entre o Zé e sua esposa foi fantástico. Conheça o método utilizado pelos dois, sob orientação médica.

Expectativa de vida do brasileiro

De acordo com o UNICEF (Relatório “Situação Mundial da Infância”, de 2006), a expectativa média de vida do brasileiro tem melhorado a cada ano, confira:
1970 = 59 anos,
1990 = 66 anos,
2004 = 71 anos.

Candidaturas deferidas e indeferidas

Os maringaenses tomaram conhecimento da primeira remessa de candidatos deferidos e indeferidos em primeira instância – no domingo – pela Justiça Eleitoral de Maringá, analisada pelo juiz da 66ª Zona Eleitoral (ZE), Airton Vargas da Silva. Os argumentos da promotora pública Stella Maris Sant’Anna Ferreira Pinheiro sobre 11 das 17 impugnações foram fundamentais para a decisão do juiz. Às candidaturas indeferidas cabe recurso no prazo de três dias.
Candidatura deferida para prefeito:
* Claudemir Romancini e o vice Vanderlei Amboni, ambos do PSOL.
Candidaturas deferidas para vereadores:
* Mario Hossokawa (PMDB),
* Valter Viana (PHS) e
* Umberto Crispim (PMDB).
Candidatura indeferida para prefeito:
* Rogério Mello (PTdoB).
Candidaturas indeferidas para vereadores:
* Um do PR: Altamir dos Santos;
* Um do PMDB: John Alves e
* Um do DEM: Marly Martin.
* Dois do PTB: Chico Caiana e Odair Fogueteiro;
* Dois do PSDB: Dorival Dias e Márcia Socreppa;
* Três do PP: Belino Bravin, Edith Dias e Zebrão.
Candidaturas a prefeito em análise pela Justiça Eleitoral:
* Sílvio Barros (PP) – impugnação solicitada pelo MP e pela coligação ‘Governo para todos’ (PMDB e PTN);
* Ênio Verri (PT) – impugnação solicitada pelo PT do B e
* João Ivo Caleffi (PMDB) – impugnação solicitada pelo PT do B.

Porco

Foto: Karen Pereira (Cambé)
Visitando a Escola Milton Santos, do MST, conheci este porco que – pelo tamanho - mais parecia um bezerro. Segundo os estudantes ele ainda estava em processo de crescimento e, antes dele havia um outro que chegou a pesar aproximadamente 350 quilos. O danado estava tão sujo que fazia jus a seu nome: porco.

28 de julho de 2008

Impugnações

Começaram a sair as decisões do juiz Airton Vargas da Silva sobre as impugnações de candidatos a prefeito e a vereadores em Maringá. O resultado poderá ser novas corridas a apoios aos que continuarem na disputa à prefeitura. Caso se confirme às impugnações dos candidatos a vereadores em instâncias superiores da justiça, a Câmara de Maringá sofrerá uma renovação expressiva. Aguardemos para ver. Sobre as impugnações, leia o Rigon e sua sintonia.

Greve piada

O que seria uma greve, pareceu uma piada. Assista a reportagem da Luciana Penha, da CBN. Esta greve que não existiu, ficará para a história.

O fim de uma greve que não existiu

Ouvi de manhã na TV a informação que a greve da TCCC acabou. Mas que greve? Quais foram os ganhos dos trabalhadores? Até o momento não tomei conhecimento e não vi publicado em nenhum blog.

Polícia mata três a cada 48 horas no Brasil

Todo tipo de violência é assustador, mas a violência policial é mais ainda porque ocorre a partir daqueles que são pagos por nós para nos proteger. Partindo desta e de outras teorias, Renata Mariz, do Correio Braziliense, a partir de dados do Ministério da Saúde, extraídos do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), referente ao ano de 2006, produz matéria a respeito da quantidade de pessoas assassinadas a cada 48 horas no Brasil e observa:

  • A cada 48 horas, três pessoas são assassinadas pelas polícias Civil e Militar no Brasil;
  • São 46 mortes por mês;
  • São 560 mortes anualmente.

Estes dados não são reais, pois ocorre uma subnotificação, ou seja, nem todos os estados informam corretamente o motivo das mortes, nem a totalidade exata dos casos.

  • A região Sudeste é a campeã. Registrou 490 assassinatos de civis;
  • O Rio de Janeiro respondeu por 290 ocorrências;
  • Logo atrás aparece São Paulo com 198 notificações;
  • Pior, os dois estados reúnem conjuntamente quase 90% dos registros nacionais de 2006.

27 de julho de 2008

Campanha sem tutu

Os sábados e domingos são especiais para os candidatos sem recursos fazerem campanha sem tutu. Vi hoje aqui pela região um batalhão de voluntários distribuindo panfletos sem nada receber. Simplesmente para ajudar um candidato funcionário público – gari. Tive curiosidade sobre quantas pessoas distribuiam materiais e disseram que eram voluntários e estavam em mais de 20 pessoas. Fiquei admirado da disposição do grupo e pensei: quantos candidatos terão tantos voluntários assim?

26 de julho de 2008

Panfletos e carros de som

A calmaria/silêncio que reinava nos bairros de Maringá começa a ser quebrada. No início da semana vi e ouvi carro de som de um único candidato a prefeito, assim como panfletos coloridos sendo amplamente entregue de casa em casa. Lembrei-me da época em que o candidato Sílvio Name Júnior abusou da distribuição e os eleitores se questionavam de onde saia tanto dinheiro para a tamanha panfletagem de materiais, com um batalhão de pessoas nas ruas de Maringá identificados com camisetas do candidato.
Também ouvi propaganda de dois candidatos a vereador passando por aqui. Em breve a poluição sonora e visual será tomada pelas propagandas, além dos comícios que os diferentes candidatos a prefeito devem organizar nos bairros e distritos mais "importantes" de Maringá.

Rádio comunitária

A Paróquia São Pedro Apóstolo, de São Pedro do Ivaí, do padre Zenildo Megiatto, no Vale do Ivaí, tem rádio comunitária com música o dia todo. Confira AQUI.

Seminário ECA

Encerra nesta sexta-feira as inscrições para o Seminário Estadual: 18 Anos do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) que será realizado em Maringá nos dias 30 e 31 de julho e contará com a participação de representações de todo o Estado. O evento será realizado no Auditório Marista e é aberto a qualquer pessoa interessada no tema, desde que inscrito. Maiores informações AQUI.

Horário político

"O horário politico é o único momento em que os ladrões ficam em cadeia nacional"
Recebido por e-mail

25 de julho de 2008

Denúncias de maus tratos

A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Maringá (CDH-OAB) e Ministério Público (MP) visitaram o Centro de Detenção Provisória (CDP) para acompanhar denúncias de maus tratos. Aguardam os resultados dos laudos de lesão corporal para - caso necessário - representar judicialmente contra eventuais responsáveis. Assista reportagem AQUI e leia sobre o assunto AQUI, para cadastrados.

24 de julho de 2008

Comitê 9840

Além de Maringá, a cidade de São Pedro do Ivaí está organizando um Comitê 9840. A paróquia de São Pedro deverá organizar um debate entre os cinco candidatos a prefeito. Convidaram-me para contribuir na organização e mediar o debate que poderá ter transmissão pela rádio comunitária da cidade.

Festival

Nesta quinta, sexta e sábado, voltarão os grandes festivais na UEM. Ou seja, é o 1º Acorde Universitário - Festival de Música Popular Brasileira de Maringá, com a participação de acadêmicos, funcionários e professores das Instituições de Ensino Superior de Maringá.
O evento será realizado no Teatro Oficina da UEM e a entrada é de graça!!! A partir da 20hs. Prestigie.

23 de julho de 2008

80 vigilantes da UEM

O deputado federal André Vargas/PT se complica como candidato a prefeito de Londrina. Além de dois pedidos de inelegibilidade da candidatura junto à Primeira Zona Eleitoral de Londrina, pesa o nome de 80 vigilantes da UEM que aparecem na relação do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) na condição de doadores para a campanha do deputado e candidato a prefeito. Sobre o assunto, leia AQUI.

Lista suja

Será que Maringá fará parte da próxima “lista suja” que a Associação dos Magistrados do Brasil (AMB) divulgará em breve? Considerando que até agosto a AMB divulgará os nomes dos candidatos que respondem processos em todas as cidades com mais de 200 mil eleitores, imagina-se que Maringá possa fazer parte da lista seja com candidatos a prefeito ou a vice. Aguardemos para ver os "sujos", acompanhando pelo site www.amb.com.br.

Criminalização

Movimentação nacional está sendo organizado em apoio aos trabalhadores do campo participantes do MST (Movimento Sem Terra) que vem sofrendo perseguição justamente por quem deveriam defendê-los, integrantes do Ministério Público do Rio Grande do Sul. Na próxima terça-feira, dia 29, a Justiça Federal de Carazinho/RS, julgará pedido de denúncia criminal na qual o Ministério Público Federal pede o fim o MST, incrimina lideranças sociais e defensores de direitos humanos.
Caravanas com representações de entidades, igrejas e advogados de várias partes do Brasil se organizam para estarem em vigília em Carazinho no dia 29. O leitor poderá se organizar para viajar ou contribuir na organização de grupos. De Maringá a Carazinho (proximidades de Passo Fundo) a distância pode alcançar 850 km e dura mais ou menos 11 horas de viagem.

22 de julho de 2008

Calmaria

Por enquanto o que se sente nas ruas de Maringá é uma calmaria em relação a carros de som e distribuição de panfletos dos candidatos à Câmara de Vereadores e à Prefeitura. A calmaria, infelizmente, deverá ser quebrada nos próximos dias.
Os candidatos se preparam para despejar milhares ou milhões de panfletos nas casas, comércios e bairros, além das centenas de carros de som perambulando pela cidade na tentativa de convencer os eleitores. É bom nos prepararmos para a poluição visual e sonora que, com certeza, causará críticas e críticas por parte dos eleitores até o fim de outubro.

Vitória dos trabalhadores

Foram três semanas de paralização, muitas pressões e, finalmente, os funcionários da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) voltarão a trabalhar com a vitória conquistada. Parabéns aos trabalhadores dos correios. Leia o informe da FENTECT (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares).

Pedido de ajuda

Uma Tragédia ocorreu, no último dia 11/07, em Rondônia. Um ônibus que conduzia militantes dos Movimentos Sociais, Pastorais Sociais e Organizações Populares, que iriam participar de um encontro de formação em Educação Popular da Rede de Educação Cidadã, colidiu contra um caminhão de combustível, com o choque e explosão, morreram 14 pessoas. Os sobreviventes estão hospitalizados e temos várias pessoas gravemente feridas que ainda correm riscos de morte e paralisia.
DOS FERIDOS, a maioria com fraturas e queimaduras graves, alguns estão internados no Hospital Público, mais dois de nossos militantes estão internados no Hospital Particular, pela gravidade, gerando gastos extraordinários.
DIANTE DESTA SITUAÇÃO, que muito nos entristece, pois perdemos nossos companheiros e companheiras. E, temos outras e outros que estão feridos e precisam de atendimento especial, que não tem condições de ficar hospitalizados na Rede Pública, estamos pedindo uma AJUDA SOLIDÁRIA, de todos e todas, seja pessoal ou de entidades.
Mais informações e a forma de ajudar, AQUI.

21 de julho de 2008

Eleições precedidas de concursos

Analisando o processo eleitoral e as pessoas que se candidatam, assim como aqueles que se elegem, penso que o processo deveria sofrer uma alteração consubstancial, sendo precedido de concurso público de conhecimentos gerais e específicos para todo aquele que almeja participar das eleições e ser eleito. Somente disputaria as eleições aquele que alcançasse nota acima de 60 ou 70, após provar conhecer sobre:
  • O que é política?
  • Funções e responsabilidades dos poderes executivo, legislativo e judiciário, ou seja, o que fazem os diferentes poderes?
  • A importância da Constituição Federal?
  • O que é e para que serve a Lei de Responsabilidade Fiscal?
  • Democracia, o que é e sua história?
  • Conhecimento de história do Brasil;
  • Estatutos do Idoso, Criança e Adolescente, entre outros;
  • Programas de Direitos Humanos, entre outras temáticas.

O processo eleitoral no formato atual é, em si, um convite aberto à corrupção e compra de votos, vez não exigir dos candidatos qualquer conhecimento e antecedentes éticos e morais. Muitos participam pensando no dinheiro que – caso eleitos – possam ganhar, assim como nos cambalachos ou aposentadoria precoce.
Emenda Constitucional poderia corrigir este disparato e toda pessoa interessada em disputar uma eleição deveria passar antecipadamente por um concurso público de conhecimentos gerais e específicos provando seu conhecimento para o cargo a ser disputado.
Sejamos francos: se a OAB aplica prova para os futuros advogados; se os professores passam por processos seletivos e concursos públicos; se os médicos praticam residência médica, por que vereadores, prefeitos, deputados e senadores também não passam por concurso público de conhecimentos gerais e específicos? Penso que daria uma reviravolta nos poderes e evitaria que pessoas fossem eleitas sem o mínimo de conhecimento sobre seu papel e responsabilidade, evitando o assistencialismo, a compra de votos e tantas outras formas erradas de campanhas políticas que se pratica em todo Brasil.
Uma coisa é certa, o número de candidatos possivelmente diminuiria para menos da metade em todas as cidades brasileiras.

Teste psicológico

Esse é um teste psicológico de verdade...
Uma garota, durante o funeral de sua mãe, conheceu um rapaz que nunca tinha visto antes. Achou o cara tão maravilhoso que acreditou ser o homem da sua vida.
Apaixonou-se por ele e começaram um namoro que durou uma semana.
Sem mais nem menos, o rapaz sumiu e nunca mais foi visto.
Dias depois, a garota matou a própria irmã.
Questão: Qual o motivo da garota ter matado sua própria irmã?
Importante: Pense na resposta. Após ter pensado em uma resposta, vá até nossos anexos e veja a resposta correta.

19 de julho de 2008

Dança perfeita

video

A priminha não se conteve com a música serteneja e deu o show. Caso continue assim, deixará muitas garotas no futuro a ver navios. Tem talento.

507 candidatos

Um colega de Londrina me confidenciou que dos 507 candidatos à Câmara de Vereadores de Londrina, caso houvesse prova de conhecimentos gerais, talvez nem 100 deles estivessem aptos a disputar as eleições. Pensei comigo: se em Maringá, talvez não chegasse a 50.

Prova de conhecimento

Em reunião em Londrina hoje, soube que toda pessoa interessada em ser integrante do Conselho Tutelar daquele município deve, primeiramente, passar por uma prova de conhecimentos gerais sobre o município e sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Apenas os 30 melhores classificados são autorizados a disputarem as 15 vagas do Conselho Tutelar e, os 15 melhores passam a compor os três conselhos existentes, os demais ficam na suplência.

Olhando Maringá de Curitiba

Descobri que muitos curitibanos vêem a política em Maringá como se apenas existissem de três a cinco candidatos a prefeito, ou seja, os que já disputaram eleições. Os candidatos dos partidos novos, aqueles que quase não aparecem na mídia, nem sabem que participam da disputa.

18 de julho de 2008

Obras políticas em andamento

Caminhando pelos bairros nesta manhã, passei em frente onde existia um parque infantil construído no governo Ricardo Barros no Conjunto Paulino. Um grupo de trabalhadores está – a todo vapor – concretando o chão, indicando mais uma ATI. Outro grupo está limpando as margens da Rua Rio Paranapanema, no Conjunto Branca Vieira, ao lado da Sacolão, dando a impressão que por lá também alguma obra esteja em andamento.
Interessante é que se passaram três anos e meio e, somente agora, às vésperas das eleições, é que o prefeito Sílvio Barros II lembrou que a população necessita de obras, diversões, atenção... Curioso devem ser os valores destas obras, diversões e atenções. Mais curioso ainda é o silêncio do Ministério Público sobre o levantamento dos valores e a publicidade. E, assim, o povo é que pagará o pato.

Umuarama

Aproveitei o dia de ontem para dedicar a meus pais e sobrinhos, em Umuarama. Fiz questão de não me aproximar de computadores. Somente agora é que vou levantar o que há de novidades em Maringá, se é que há.

16 de julho de 2008

Campus da UEM em Umuarama

Fazendo uma caminhada no fim da tarde pelas ruas de Umuarama, quase caí. Causa: calçadas esburacadas. Mera semelhança com as calçadas de incontáveis ruas de Maringá. Enquanto caminhava, deparei-me com o Campus da UEM. Adentrei-o e tive a impressão que estava me aproximando em um barracão de fazenda com colheitadeiras, tratores de várias marcas... Mas de cada lado do curto corredor existiam portas que davam acesso a salas. Bem que as construções dos espaços do Campus poderiam ter sido mais adequadas para uma Universidade da qualidade da UEM.

Rex e o político de renome

O rapaz vai para os Estados Unidos para cursar a Universidade, mas já na metade do 1º semestre acaba o dinheiro que o pai lhe deu. Aí ele tem uma idéia brilhante.
Telefona ao pai e sai com esta:
- Pai, você não pode acreditar nas maravilhas da moderna educação neste país. Pois não é que eles aqui têm um curso para ensinar os cachorros a falar?
O pai, um sujeito simplório, fica maravilhado:
- E como é que faço para que aceitem o Rex aqui de casa?
- É só mandar ele para cá com U$ 5.000 que eu faço a matrícula.
E o pai, é claro, cai na conversa e segue a orientação do filho.
Passados mais alguns meses, o rapaz torra a grana e liga outra vez:
- E daí, meu filho? Como vai o Rex?
- Fala pelos cotovelos, pai. Mas agora abriram um outro curso aqui, para os cachorros aprenderem a ler.
- Não brinque! E podemos matricular o Rex?
- Claro! Me mande U$ 10.000 e deixe comigo!
E o velho, mais uma vez, manda o dinheiro.
O tempo vai passando, o final do ano vai chegando e o rapaz se dá conta que vai ter que se explicar. O cachorro, é claro, não fala uma palavra, não lê porra nenhuma, enfim, continua exatamente como sempre.
Sem nenhuma consideração, solta o pobre bicho na rua e pega o avião de volta para casa.
A primeira pergunta do pai não podia ser outra:
- Onde está o Rex? Comprei uma revista sobre animais, em inglês, para que ele leia para mim.
- Pai, você não imagina. Já tinha tudo pronto para a viagem de volta, quando ví o Rex no sofá, lendo o New York Times, como fazia todas as manhãs. E aí ele me saiu com esta:
'Então, vamos para casa... Como será que está o velho? Será que continua comendo aquela viúva que mora na casa da frente?'
E o pai, mais do que rapidamente:
- Mas que cachorro lazarento... Espero que você tenha metido uma bala nesse filho da puta, antes que venha falar com tua mãe!
- Mas é claro, pai. Foi o que fiz!
- É assim que se procede, filho!
Dizem que o rapaz se formou com louvor e tornou-se um político de renome.
Recebido por e-mail

15 de julho de 2008

Seminário Estadual sobre o ECA

Nos dias 30 e 31 de julho, será realizado no Auditório Marista, em Maringá/PR, o Seminário Estadual sobre os 18 Anos do ECA (Estaduto da Criança e do Adolescente).
1) O evento é aberto a qualquer pessoa interessada no tema; 2) Não há limite de inscrição por município, podendo participar quantos queiram; 3) As despesas com locomoção, hospedagem e alimentação são por conta do participante. O valor da inscrição R$ 15,00 é para cobrir parte das despesas de organização do evento.
Os interessados em participar, basta efetuar a inscrição preenchendo os dados (nome, cidade, RG e e-mail), fazer o depósito R$ 15,00 no Banco SICREDI (748), Agência 0710 - conta 17376-2 em nome de Associação Paranaense de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. NÃO ESQUECER DE ENVIAR FICHA E COMPROVANTE POR E-MAIL (fdcapr@yahoo.com.br) OU FAX (45) 30252440.
Não havendo SICREDI na cidade, pode depositar na CEF (104) - agência 0589 - conta 3312-8 - Associação de Proteção a Vida. As inscrições somente serão aceitas até o dia 25/07 (sexta-feira) após essa data não será mais possível.

Despreocupação com as eleições

Tenho observado um comportamento interessante dos cidadãos em relação à política. Preocupam-se semanalmente com churrascos, roupas, mercados, transportes, entre tantas outras e, não se preocupam com o tipo de representante (vereador e prefeito) a ser eleito para representá-lo politicamente. É a pura despreocupação com as eleições prestes a ser realizada.
Observando o comportamento das pessoas na rua (por meio de conversas), a menos de três meses para as eleições de vereadores e prefeitos de Maringá, aproximadamente 90% da população nem sequer sabe em quem votar, nem está preocupada com o que acontecerá em 05 de outubro. É como se a eleição dos “representantes” do povo na Câmara e na Prefeitura não fosse importante, nem merecesse investimento por parte de cada cidadão eleitor.
Somente começam a pensar em quem votar a menos de dois meses da eleição, somente na véspera do voto, quando não há tempo suficiente para conhecer o candidato. A questão é que quando se preocupa com as eleições somente na hora das eleições, acaba-se elegendo pessoas indevidas, desonestas, mal intencionada, sem ética. Ou seja, elege-se qualquer candidato, sem saber direito quem ele é, menos ainda o quem tem em bens móveis e imóveis, se está sendo processado e sobre o que cometeu no passado.
Penso que somente mudaremos o comportamento dos eleitos quando a Constituição Federal for alterada impedindo a reeleição dos legislativos (câmaras e assembléias) e dos executivos (prefeituras, governadores e presidente da República).
Iniciar uma campanha para que os candidatos a deputados federais e senadores da próxima legislatura assumam o compromisso de – em sendo eleitos em 2010 – defendam Emenda Constitucional da não reeleição, traria benefício à sociedade e diminuiria radicalmente a festa que os atuais eleitos praticam nas câmaras, prefeituras, assembléias legislativas, palácios governamentais, senados e presidência da República.

Viaturas do SAMU

Enquanto estamos voltados às eleições de políticos que não sabemos direito quem são e o que pretendem fazer de concreto em benefício da população – se é que querem –, viaturas novinhas da SAMU de Maringá pedem SOCORRO e ninguém sabe. Trafegam pelas ruas, avenidas e rodovias do município de Maringá e distritos de Iguatemi, Floriano e São Domingos (em alta velocidade ) em péssimas condições, cheio de problemas por falta de manutenção, colocando em risco a vida dos pacientes, condutores e enfermeiros. Prefeito Sílvio Barros, priorize a qualidade das viaturas da SAMU. Pare de colocar em risco a vida dos que trafegam nas viaturas.

14 de julho de 2008

Paulo Vidigal após 30 dias

Paulo Vidigal esteve por 30 dias sem abastecer seu blog devido a um acidente de moto que o arremessou há vários metros de distância. Mas avisa que em breve estará de volta mais turbinado que antes. AQUI.

Beliscões

Aproveitamos o final de semana para viajar um pouco e rever parentes em São Pedro do Turvo. Parando para abastecer em Tarumã – no sábado –, fui interrogado pela caixa do Posto que angustiada perguntou de supetão, sem me dar chance de qualquer questionamento:
- você deixaria um filho seu se casar com sua ex-namorada?
- deixaria, disse.
Ela arregalou os olhos e questionou:
- deixaria?
- sim, porque não, vez que apenas foi “ex”.
Ela perguntou de novo:
- você deixaria um ex-namorado de sua esposa se casar com sua filha?
- deixaria, respondi.
Ela ficou de boca aberta. Então perguntei:
- por quê?
Ela respondeu:
- Porque está acontecendo comigo. Meu ex-namorado, com quem dormi várias vezes, está namorando minha filha de 18 anos e a pediu em casamento. Não sei o que faço. É muito estranho. Como posso permitir aprovar, mesmo sabendo que é gente boa demais. O conheço por inteiro. Não sei como me comportar em saber que meu “ex” está dormindo com minha filha.
Perguntei:
Qual idade dele?
- 35 anos.
- mas você se questiona devido a diferença de idade?
- não. Pelo fato de ter sido meu namorado. O rapaz é solteiro até hoje e é muito bom. É muito legal.
Continuem a responder me preparando para ir para o carro onde a família me esperava observando que conversava com a mulher:
- a diferença de idade não é problema e não vejo nenhum problema. Penso que você se acostumará com a idéia e a realidade.
Ela ficou pasma. Sai e fui para o carro para continuar a viagem, onde levei alguns beliscões por estar respondendo as dúvidas da mulher do caixa. Doeu, hai, hai.

12 de julho de 2008

Pré-conferência

A partir das 13h30min. de hoje, realizar-se a pré-conferência regional de Direitos Humanos de Maringá, em Sarandi e acontecerá na Casa da Cultura Irmã Antona, Praça Ipiranga. Confira AQUI.

Parabéns COPAVI

A Cooperativa de Produção Agropecuária Vitória Ltda (COPAVI), organizada pelos assentados do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), de Paranacity/PR, está comemorando 15 anos de fundação. Os assentados estão em festa neste sábado e, para celebrarem o êxito da organização - que é de fazer inveja a muitas entidades, movimentos e empresas. Da programação faz parte um Seminário sobre “Cooperação, Agroecologia e Agroindústria na Reforma Agrária”, um almoço coletivo de confraternização e visita dos convidados ao Assentamento. Parabéns aos cooperados da COPAVI.

11 de julho de 2008

Maravilha número 1

Atualizado - Elegi uma maravilha encaminhada por JC Cecílio que – do ponto de vista deste simples blogueiro – representa muito bem nossa cidade:
O “M” representa a Catedral, símbolo religioso que pela influência que tem junto ao povo, poderia muito bem desencadear “sermões” que possibilitasse consciência social, política e religiosa no povo, mudando para melhor a história de nossa Maringá;
O “ARIN” representa a periferia com seus problemas sociais, políticos, econômicos e culturais, em vermelho e preto.
O vermelho “AR”, demonstra o zig-zag das ciclovias da Av. Mandacaru, as obras inauguradas antes de serem finalizadas e a “expulsão” das famílias do Conjunto Santa Felicidade para regiões desconhecidas. Também demonstra o "ar" limpo que por enquanto respiramos, assim como também as sombras das árvores que ainda sobrevivem aos ataques da motor-serra autorizada pela Secretaria do Meio Ambiente, com anuência do gestor.
O “IN” demonstra o descaso público e a ausência de políticas para a periferia, com políticas paliativas ou assistencialistas – cestas básicas, campanhas do agasalho e Academias da Terceira Idade (ATIs) e parques infantis.
O “G” representa o símbolo da UEM (Universidade Estadual de Maringá - confira com o símbolo da UEM que está a caráter - http://www.uem.br/), espaço de conhecimento que poderá no futuro, possibilitar quadros sociais e políticos que governe Maringá e Região Metropolitana de forma democrática.
Por fim o “A” – em verde – representando o terminal rodoviário de Maringá, símbolo inesquecível da cidade, que Sílvio Barros II quer demolir a todo custo e esperança de que não seja demolida. Esperamos que o ano eleitoral não permita a demolição e, para cada tentativa, ações judiciais de entidades e movimentos sociais impeça a intenção do prefeito de Maringá colocá-la ao chão.
As "AVES" seriam os espiões da prefeitura de olho nos diferentes grupos políticos e movimentos sociais ou seriam as entidades que tem defendido projetos como o do PAC e o de não fazer política no quadrelátero central de Maringá?

10 de julho de 2008

Pré-Conferência de Direitos Humanos

No próximo sábado, 12 de julho, haverá Pré-Conferência regional de Direitos Humanos da Região de Maringá, em Sarandi. O evento iniciará às 13h30min., com previsão para encerramento às 17 horas e realizar-se-á na Casa da Cultura Irmã Antona, Praça Ipiranga.
De acordo com o blog do MNDH/PR, podem participar da Pré-Conferência entidades e movimentos da sociedade civil e representantes dos governos municipais que desenvolvem ações de direitos humanos. Farão parte das discussões em grupos:
a) Proteção do direito à vida e à saúde;
b) Proteção do direito à liberdade e à informação;
c) Direito à moradia adequada e ao trabalho;
d) Direitos humanos, direitos de todos.

Requião no TC

43 deputados votaram em favor do secretário de Educação, Maurício Requião para fazer parte do Tribunal de Contas (TC) do Estado do Paraná. Concorrendo com outros candidatos com formação na área dos trabalhos de fiscalização do TC, Requião recebeu muitas críticas durante o processo.
Mesmo defendendo que não ajudará na aprovação das contas do irmão governador Roberto Requião, ninguém duvidará da ação em favor do irmão e de seus amigos ou chegados, mesmo que de forma sutil, apesar de o eleito ter rebatido as críticas contra ele dirigidas pela bancada de oposição na Assembléia Legislativa, pelos setores da imprensa e pela sociedade em geral. A "simples" inscrição de Maurício Requião já dava margem para desconfianças por mais que se explicasse.
O pior é que o salário dos componentes do TC - e assim o de Maurício Requião - é vitalício (para sempre, amém). Este é o pior dos absurdos. Nenhum outro trabalhador ganha salário vitalício, a não ser a aposentadoria de fome. Porque então os membros do Tribunal de Contas, os ex-governadores e ex-vices, assim como os deputados federais e senadores ganharem salários vitalícios, alguns deste após o segundo mandato?
Sou extremamente a favor de que este debate faça parte do código de ética dos próximos candidatos a deputados federais e senadores propondo mudança na Constituição a partir da próxima legislatura.
Sobre a eleição de Maurício Requião, leia AQUI e AQUI.

8 de julho de 2008

Saudade da colônia

Domingo no final da tarde ouvi uma conversa de uma senhora que defendeu que viver no passado, nas casas da colônia da fazenda, era melhor e mais divertido. Segundo ela, tinha mais vida e movimento. Era gente pra lá e pra cá. Bicicleta pra lá e pra cá. Correria da criançada, dos adolescentes e dos jovens. Namoricos e passeios. Bailes animados e festas de tudo que era coisa. Até os velórios eram animados e ponto de encontro.
A senhora, olhando para a rua, disse: "Que rua morta. Não se vê uma alma. Bom era na colônia. Lá era animado. Sempre tinha muita gente nos domingos, dias-santos e feriados. Na cidade é muito chato. Ninguém se conhece, nem se visita. Ninguém conversa com o outro. Todo mundo desconfia de todo mundo".
Meus neurônios se alteraram enquanto ela falava e pensei: "ela tem razão". Não morei em colônia de fazenda, mas morei em colônia de Serraria e de fato era muito animado. Todo mundo parecia familiar. Não havia cerimonial para irmos à casa dos outros. Toda casa parecia a casa da gente. Chegava e entrava. Na cidade é diferente. Alguém só entra na casa do outro se convidado e olhe lá.

Processo contra militante de DH

Um processo absurdo está sendo imputado contra um militante e defensor de Direitos Humanos (DH) no Rio Grande do Norte. O processo é da Justiça Militar contra o colega Roberto de Oliveira Monte, responsável pela Rede DHNet. O processo mais parece um enredo coisa dos anos 60/70.
Como tudo aconteceu? Há cerca de três anos Roberto foi convidado para participar de um Congresso Militar em Natal-RN, a convite da APEB (Associação dos Praças do Exército Brasileiro), coisa para 250/350 pessoas. Estavam presente na ocasião várias pessoas de Brasília, inclusive do Ministério Público Militar, que ficaram indignados com a sua fala e que gerou esse inquérito. O problema é que o pretenso julgamento vai ser realizado por três coronéis do Exército. Vale lembrar que os sistemas da ONU e Interamericano têm uma vasta jurisprudência no sentido de que as cortes militares não têm o poder de julgar civis por crimes militares, uma vez que a legislação militar serve apenas para regular a conduta de militares na condução de suas respectivas funções. No caso em questão, denunciar Roberto Monte, o único civil nesse processo penal, por infração aos artigos 155 e 219 do Código Penal Militar é um evidente abuso de poder e vai dar muito o que falar em termos legais/constitucionais, vez que esses artigos tratam de crimes de opinião. Conheça o roteiro da palestra de Roberto na ocasião, assim como mais detalhes sobre o processo.

7 de julho de 2008

Laptops para professores

Penso que duas ações do governo federal "contribuirão" passageiramente para a melhoria do ensino no Brasil. O salário mínimo que um professor deverá ganhar em qualquer Estado da federação e a possibilidade dos professores adquirirem laptops a custo subsidiado. O problema é que são políticas compensatórias, passageiras...
Dúvida: será que o notebook é completo em tecnologia: gravador e leitor de CD e DVD, webcam e internet por satélite?
Professor não precisa de brinquedo, precisa de condições para trabalhar. Não basta um laptop, são necessárias as possibilidades para o educador pesquisar, se informar e se formar.
O anúncio agradou, mas não é tudo. Apesar do custo do aparelho, milhares de colegas do ensino básico, técnico e superior não conseguirão adquirir o laptop, visto o salário que recebem, pior àqueles que trabalham pelo interior do país.
O melhor mesmo seria o governo pagar salários condizentes para os educadores. Ganhando o merecido, nos organizaríamos de acordo com as necessidades: moradia, transporte, cultura e equipamentos, sem a necessidade de esmolas.
O governo é interessante. Tem ciência que explora os professores - do contrário não anunciaria pacotes do piso mínimo e laptop - e tenta compensar a exploração agradando os explorados com migalhas, ou seja, com políticas compensatórias. Investir na qualidade do ensino é muito mais que um piso salarial e um notebook por professor, quando milhares deles ainda se obrigam a trabalhar até 60 horas por semana para sobreviver, sem contar os investimentos que o educador faz sobre si em tratamentos de saúde devido as pressões de trabalho provocada pelo próprio Estado. Mais informações sobre os laptops, aqui, aqui, aqui ou aqui.

5 de julho de 2008

Preços de alimentos

Os trabalhadores precisam "rezar forte" para entrar em um supermercado. Os preços estão em disparada. Feijão acima de 5 reais. Carne e arroz então!!!
Alguns preços praticados na comercialização de alimentos começam a dar ânsia. Alguém me falou na fila de um caixa de supermercado e com certa razão:
- "os preços sobem porque os alimentos são exportados. Tiram de nossa boca e levam para os estrangeiros. Se o Lula proibisse a exportação, teríamos mais alimentos, diminuiria a demanda e os preços cairiam. Não acha?"
Olhei para a pessoa que me questionou e não discordei.
A questão é praticar a política da não exportação em um país onde se planta para exportação. No início desta semana o governo federal anunciou um pacote financeiro e menos de 20% dos recursos foram destinados aos pequenos agricultores. Quase que a totalidade do bolo financeiro foi disponibilizada para o agronegócio para exportação, segundo o governo federal para "acabar" com a fome no mundo.
  • E a fome no Brasil?
  • E os preços dos alimentos que sobem por falta de alimentos internos para abastecer as necessidades dos brasileiros?
  • Como fica o incentivo ao plantio de arroz e feijão para o abastecimento interno?
  • Como fica a carne de gado, frango e porco para o consumo interno, quando os incentivos são voltados para exportação?
  • Será que teremos que inventar mais febres nos animais, carunchos nos alimentos do tipo exportação para que sobre alimentos e carnes para o consumo interno, com preços legítimos?

4 de julho de 2008

Adeus a Foguinho

Acabei de chegar de uma caminhada por volta das 19h30min., quando fui interpelado se era verdade que o Foguinho havia morrido. Não sabia de nada. Logo depois li no Rigon sobre sua morte, consequência de ataque fulminante. Lembro do cinegrafista na época do Orçamento Participativo quando realizou trabalhos para a Prefeitura. Os resultados de seus trabalhos foram parte das prestações de contas nas Assembléias do OP. Era um extraordinário cinegrafista. Muito elogiado e respeitado, Foguinho fará parte de nossas lembranças. Lamentamos sua morte.

Ingrid Betancourt - a novela está começando

O analista internacional e historiador da Universidade Central da Venezuela, Vladimir Acosta, crê que é bastante provável ter havido uma conversação secreta entre Álvaro Uribe, presidente da Colômbia, e Ingrid Betancourt, a recém-libertada ex-candidata presidencial, devido às declarações que ela deu logo depois de ser libertada, nas quais apoiou o governo e sua possível reeleição. Matéria completa AQUI. Especulações de que a libertação foi negociada com as FARCs envolvendo muitos milhões de dólares e, por isto uma montagem política em favor do presidente daquele país, pode colocar em dúvida o sucesso da libertação dos reféns pelo Exército colombiano. A novela está começando...

Direitos das Pessoas com Deficiência

Por unanimidade os Senadores da República aprovaram ontem à noite, em plenário, a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo garantindo pela primeira vez na história do Brasil força de constituição a um tratado internacional. Matéria completa AQUI.

Ações improcedentes

Tomando conhecimento por meio do blog do Rigon de decisão do Juiz Belchior de improcedência de ação da Prefeitura de Maringá contra o Sismmar, fico a pensar como leigo em legislação que, por direito, as decisões judiciais deveriam atingir os representantes dos que propõem a ação. Tratando-se de Prefeitura, esta pode ser a proponente, mas o gestor e/ou departamento jurídico são os representantes. Nada mais justo que o prefeito e o secretário da pasta interessada sejam responsabilizados judicialmente, arcando com as despesas judiciais e não penalizarem a população que nada tem haver por “ações políticas” que propõem, muitas vezes apenas para prejudicarem a vida de quem consideram adversários políticos ou organização social/política ou mesmo para prejudicarem uma pessoa em si.
Que adianta o juiz condenar o município a pagar R$ 8 mil reais de honorários advocatícios sendo que quem estará pagando por meio dos impostos municipais, somos nós contribuintes: eu, o leitor, o promotor, o juiz, o delegado, o empresário, o blogueiro... Gostaria que revissem as decisões judiciais atingindo os verdadeiros culpados, sem nos penalizar.

3 de julho de 2008

Povo marcado

Acabo de conhecer um blog interessante, é Povo Marcado. Fala da vida que leva as prisioneiras. O interessante é o documentário/filme de 30 minutos. No youtube pode-se acompanhar um aperitivo. O filme foi feito de dentro da prisão. Um grupo de jornalistas, acadêmicos, atores, cantores e um padre participam do mesmo. Conheça-o.

FLU versus LDU

O Fluminense dançou na conquista do título da Libertadores por falta de cobradores de pênaltis. Eu já vi cobradores ruins, mas igual ao jogo de ontem contra a LDU tô pra ver outros, sem falar nos erros gravíssimos cometidos pelos jogadores da defesa. Ser vice ficou de bom tamanho.

2 de julho de 2008

A exploração do ser humano

Mais uma tragédia envolvendo criança marcou a mídia nestes últimos dias. Uma mãe de Curitiba joga o próprio bebê de 8 meses pela janela. Presa e completamente desorientada, exercia a profissão de auxiliar de enfermagem. E agora? Como se explicar perante a justiça e a sociedade? O que levou a mãe a cometer tal ato? Foi sobrecarga de trabalho? Foi uso de medicamentos para conseguir trabalhar acima do que o corpo possibilita?...
Os incontáveis atos cometidos pelas mais diferentes pessoas em diferentes locais, cidades, regiões, estados e países, leva-nos a alguns indícios que merecem investigações. A sociedade capitalista explora o ser humano ao máximo. Força-o a trabalhar acima de suas potencialidades:
* Caminhoneiros viram 24 horas no volante.
* Médicos, enfermeiros e auxiliares, também praticam o mesmo que os caminhoneiros, com o agravante de cometerem erros nos atos cirúrgicos.
* Professores passam até 24 horas na ativa, trabalhando em sala de aula por três períodos consecutivos para completar sua renda salarial e mais um período corrigindo trabalhos escolares ou preparando aulas para o primeiro período do dia seguinte. Não é diferente para outras tantas profissões que poderíamos usar como exemplo neste ensaio.
* Por outro lado, milhares de políticos e servidores dos altos órgãos públicos não trabalham mais que 6 horas/dia, ganhando salários exorbitantes em prejuízo à nação e aos que de fato trabalham e sustentam a economia do país.

Vidigal

Paulo Vidigal está há 20 dias sem postar em seu blog. O que aconteceu Paulo? É a correria?

1 de julho de 2008

Dois anos depois

Ontem (dia 29 de junho) fez dois anos do despejo dos servidores públicos de Maringá do Paço Municipal, tornando-se o dia oficial de luto e luta da categoria. Na ocasião, 44 servidores foram presos e indiciados. Ao longo deste período a justiça tem julgado e, aos poucos, não penalizando os servidores.
Neste momento, no auditório da biblioteca municipal, os servidores estão acompanhando uma palestra sobre a “Criminalização dos Movimentos Sociais” realizada pelo advolgado Avanilson Alves Araújo que na ocasião também foi detido. A palestra é em homenagem aos que lutaram durante a greve.
Na noite do despejo fui contatado e na delegacia acompanhei os detidos durante a noite até que todos fossem liberados. Aquela noite estava muito fria, mas os servidores não estavam amedrontados nem desanimados. Na próxima homenagem farei esforço para comparecer.

Freire

Hoje foi um dia de estudo sobre Paulo Freire com os estudantes da Escola Milton Santos (MST) . O interesse em conhecer o educador foi surpreendente. Leram a vida e obras e apresentaram seminários. Assistiram filmes, documentários e discutiram sobre o autor. Foi um dia proveitoso.